Show do Restart cancelado. Ingressos encalharam

O show da banda “Restart” em Manaus, que aconteceria dia 1/4, foi cancelado. A razão alegada pela empresa promotora, Mega Eventos, é preservar a integridade física dos integrantes, depois que o baterista Thomas falou besteira sobre o Amazonas e houve mobilização nas redes sociais para boicotar o show.

A verdade é que o cancelamento se deu por um motivo bem mais simples: quase ninguém comprou ingressos.

No mais, os garotos pediram desculpas. Qual é o adolescente que não comete um ou outro deslize? A diferença é que a fala do Thomas se tornou pública e bateu nos brios do amazonense. Pediu desculpas, por mim está desculpado. Daí a querer que o povo gaste dinheiro com eles, já é outra história. Veja a íntegra da Nota Oficial divulgada pela Mega Eventos com as desculpas para cancelar o show – que entra para a história como mais uma mentirinha de 1º de abril:

“NOTA OFICIAL

CANCELAMENTO DO SHOW DA BANDA RESTART

A MEGA EVENTOS, empresa genuinamente amazonense, organizadora de vários eventos realizados na capital do Amazonas, juntamente com o STUDIO 5 Centro de Convenções, vêm, por meio desta NOTA, comunicar ao público, fãs, autoridades e veículos de comunicação em geral que o show que a banda RESTART realizaria no Studio 5, no próximo dia 1º de abril de 2011, foi CANCELADO por razões de ORDEM PÚBLICA.

A Mega Eventos e o STUDIO 5 sempre demonstraram profundo RESPEITO e ADMIRAÇÃO pelo nosso Estado, por essa razão a produtora e a casa de shows decidiram atender ao clamor público, especialmente dos internautas, que vêm utilizando as redes sociais da internet para organizar manifestações e divulgar possíveis atos que poderiam colocar em risco a INTEGRIDADE FÍSICA dos artistas e do seu público, formado em sua maioria por crianças e adolescentes.

Sendo assim, solicitamos a todos que adquiriram ingressos, que os apresentem nos pontos de vendas onde os mesmos foram adquiridos para reembolso, a partir do dia 29 de março de 2011 (terça-feira), no horário comercial.

Manaus, 25 de março de 2011.”

4 comentários para “Show do Restart cancelado. Ingressos encalharam

  1. Jane Eyre disse:

    Aquela máxima da minha mãe valeu para os Restart :
    “”Quando não se aprende em casa, a rua ensina”” . Adolescentes inexperientes? não!!! moleques atrevidos, mal -educados que não aprenderam as regras “Não fale mal da terra de ninguém” “se vc não conhece, fique calado” e “Bata, antes de entrar”. Essa bandinha tão cara não tem produtor? não tem empresário? Não se preocupa com a imagem (ferramenta de trabalho). Fora Restart, graças a Deus Manaus dessa vez criou vergonha na cara e parou com esse culto ao sul-sudeste, parou com essa mania de dar valor só ao que vem de fora. E ainda tem a audácia de cobrar 80,00 reais no ingresso!! é muita presunção!!!!!
    Lava da área molecada, senão os índios te cozinham na palha da bananeira!!!!
    vão ganhar dinheiro em outro lugar, afinal aqui só tem mato não é mesmo? vai vender para quem?

  2. sandra disse:

    MS, parabéns a vcs Cbn e Blog Holanda que mobilizaram a sociedade evitando + 1 humilhação. Chega de submissão!!!!

  3. paulo ferreira disse:

    Bom dia Sr. MS
    Sou seu ouvinte admiro muito sua cultura e equilibrio bem como seu destemor em apresentar de forma serena fatos que colocam nossos politicos em chek.
    Gostaria de saber se vc ou alguem ja viu ponte com defensa? Nunca vi a Rio Niteroi nao tem defensa e observe que esta num local de grande circulação a nossa futura ponte Manaus Iranduba porem precisa de defensa para operar lembrando que esta num local de baixissima circulação de barcos. Creio que a verba das defensas é para justificar mais desvios de verbas e concluir a ponte.

    RESPOSTA:
    Sei não. Mas se houver falcatrua, pelo caminho que você aponta, isso envolve Capitania dos Portos e Ministério Público Federal porque foram eles que exigiram defensas e iluminação na ponte sobre o rio Negro… só para nós refletirmos…

  4. Leitor disse:

    Banda teen provoca caos sem precedentes em Congonhas; voos atrasam em todo país
    Yahoo! Notícias – sex, 1 de abr de 2011 07:17 BRT
    O caos aéreo voltou a assolar o país nesta sexta-feira, 1º de abril. Um tumulto generalizado no aeroporto de Congonhas, São Paulo, atrasou voos em todo território nacional. Mas nada a ver com as corriqueiras deficiências da infraestrutura aeroportuária. Com invasão de tratores na pista, cenas de vandalismo e muito choro de criança, o problema desta vez atende pelo nome de Reset, uma nova banda emo de sucesso tanto fulminante quanto inexplicável.

    Praticamente desconhecido por quem tem mais de 12 anos de idade, o Reset estourou nas redes sociais após o hit “naum possu + ficah sem vc”. Com o estilo batizado de “neo CTRL C + CTRL V melódico”, seu repertório evoca os dilemas sentimentais e amorosos de quem tem hora para ir pra cama.

    Ao repetir rimas como amor e dor, essas bandas levam nossos jovens a um estado emocional que compromete funções simples da mente – Olga Bitola, presidente da Associação de Terapia Infanto-Juvenil

    O tumulto começou quando a banda foi impedida de embarcar para Feliz Natal, Mato Grosso, após saber que o primeiro show de sua carreira havia sido cancelado por protesto de moradores da cidade. Dias antes, o vocalista Pe Lanca disse no Twitcam que era um sonho “tocar no meio do mato, onde nem sei se tem civilização além do bom velhinho”.

    A Associação dos Produtores Rurais reagiu imediatamente. “Isto é um completo absurdo. Lá não tem mais mato. Derrubamos tudo!”, bradava o presidente da entidade, Noel Stihl, à frente de um “tratoraço” que invadiu a cabeceira da pista.

    A segurança do aeroporto alegou ter sido surpreendida pelas máquinas. “Eles chegaram dizendo que era pra obra da Copa. Aí eu pensei, finalmente. E abri o portão”, disse o encarregado, que pediu para não ser identificado.

    No saguão do aeroporto, jovens que passaram a madrugada no aeroporto na expectativa de um pocket show antes do embarque choravam copiosamente depois de saber que não havia mais clima para a apresentação.

    A confusão foi agravada com o protesto de mães da Liga das Senhoras contra Bandas Emo e Maria Gadú. Lideradas por Maria Cilene de Sumem, elas prometem usar as mesmas armas daqueles quem veem como inimigo. “Vou jogar isso no Orkut. É Orkut, né? Meu filho começou a escutar essa banda faz dois meses, suas notas pioraram e ele passou a agir estranho e chorar por tudo”, disse, indignada.

    Procurada pela reportagem, a presidente da Associação de Terapia Infanto-Juvenil, Olga Bitola, afirma que é possível manipular as mentes dos jovens por meio da música. “Ao repetir rimas como amor e dor, essas bandas levam nossos jovens a um estado emocional que compromete funções simples da mente, como diferenciar o que é bom e o que é ruim”, explica.

    Góticos
    Como se não bastasse o cenário de caos, fãs da banda gótica norueguesa Chorânia, que deveria desembarcar às 15h, foram envolvidos na confusão, embora estivessem bem quietinhos. Um dos agricultores de Feliz Natal rompeu o cordão de isolamento que havia sido imposto na pista, invadiu o sagão e, aos berros, deu um ‘Pedala Robinho’ no jovem gótico Klemerson ‘Dark Duck’, confundido com um integrante do Reset.

    “Pô, o cara é um bruto, um ignorante. Onde já se viu não saber a diferença entre um emo e um gótico”, disse Duck. Ele e seus amigos se recusam a sair do aeroporto. “Nós vamos ficar aqui até o Chorânia chegar, temos vinho e um amigo meu trouxe um violão”, explicou.

    Normalização de Congonhas
    Pedro Caruda, porta-voz da entidade que administra o aeroporto afirmou que o serviço deve ser normalizado até o fim da tarde deste 1º de abril. “Peço paciência aos passageiros, pois a culpa dos transtornos de hoje não é nossa. Não existe um plano de contingência para a histeria coletiva ou para uma multidão de calças coloridas. Isso é uma p… falta de sacanagem. Não estamos diante de um problema estrutural, mas de uma calamidade social”, discursou.

    Caro leitor, esta é uma notícia de 1º de abril.

    http://br.noticias.yahoo.com/banda-teen-reset-caos-sem-precedentes-para-congonhas–voos-atrasam-em-todo-pa%C3%ADs.html

    RESPOSTA:
    Kkkkkkkkkkk Também já tinha visto isso. O Yahoo! Acompanhou o episódio da Restart em Manaus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook