Turismo em Portugal: As belezas da imponente região da Serra da Estrela

Picos altos, vales profundos, lagoas, glaciares, vistas deslumbrantes, aldeias históricas e castelos medievais. A Serra da Estrela, na região das Beiras, em Portugal, concentra uma grande riqueza, em termos históricos, geográficos e culturais. Apesar de tantas belezas e da consagração mundial, principalmente por causa do queijo de ovelha, ainda é um destino pouco explorado pelos brasileiros que viajam para as terras lusitanas.

Lá tudo é grandioso: é a mais alta cadeia de montanhas de Portugal e abriga a maior área protegida do país, o Parque Natural Serra da Estrela; possui as principais nascentes hidrográficas (Mondego, Zêzere, Alva); os principais vestígios de antigos glaciares; e o ponto mais elevado do continente, a Torre, que se eleva a quase 2.000 metros de altitude.

A beleza do outono na Serra da Estrela, quando as árvores ganhas tons dourados

A beleza do outono na Serra da Estrela, quando as árvores ganham tons dourados…

e as estradas se colorem com as folhas caídas no chão.

…e as estradas coloridas por causa das folhas caídas no chão.

Os tons dourados também dominam as colinas da região.

Os tons dourados também dominam as colinas da região…

...criando uma paleta de cores impressionante.

…criando uma paleta de cores impressionante.

A Serra da Estrela se apresenta diferente ao visitante, conforme as estações do ano. Portanto, o mês da sua viagem tem influência direta no que você vai ver ou poderá fazer. Na primavera o colorido das flores dá um toque especial ao cenário e no verão o verde domina as colinas, períodos ideais para as atividades ao ar livre, principalmente para quem quer praticar trekking.

No outono, os múltiplos tons do dourado ao avermelhado dominam suas colinas e vales. As folhagens das árvores  colorem as pequenas estradas que cortam a região. É uma estação bela, com temperaturas que varia de 1º a 18º, podendo ocorrer alguma precipitação de neve nas regiões mais altas, mas nada que atrapalhe circular de carro. No inverno, alta temporada na região, a paisagem fica branca pela neve e os esportes de inverno predominam.

A beleza da Serra da Estrela

A beleza da Serra da Estrela

Na Serra da Estrela há lagoas naturais e outras criadas para geração de energia.

Na Serra da Estrela há lagoas naturais e outras criadas para geração de energia.

Torre, ponto mais alto de Portugal.

Torre, ponto mais alto de Portugal.

O local mais visitado da Serra da Estrela é a torre de 7 metros, construída em 1807, no ponto máximo da Serra da Estrela, a 1.995 metros, em Torres. Próximo a área fica um conjunto de lagoas, geralmente de origem glaciária, único no país.

Entre os passeios pela região está a rota dos vales glaciários da Serra da Estrela. O Vale Glaciar do Zêzere, o de maior dimensão da Serra da Estrela – tem 13km de extensão -, próximo a Manteigas, é impressionante.
 Por uma estrada que circunda o vale é possível ver a cúpula das montanhas, com o vale abaixo e os depósitos deixados pelo gelo em movimento.

O Vale do Zêzere, cercado pelas montanhas.

O Vale do Zêzere tem um formato em U, resultado da ação dos glaciares.

A estradinha que contorna o Vale do Zézere, oferecendo uma paisagem deslumbrante.

A estradinha que contorna o Vale do Zêzere, oferecendo uma paisagem deslumbrante.

A presença do homem, mesmo em um lugar aparentemente tão isolado.

A presença do homem, mesmo em um lugar aparentemente tão isolado.

Detalhe dos picos glaciares.

Detalhe dos picos glaciares.

serra35

O relevo do Vale de Zêzere foi fomado a partir do movimento da massa de gelo das zonas mais altas, que vão desgastando a rocha, dando o formato em U ao glacial.

 

Onde ficar e comer

Na Serra da Estrela há várias cidades que servem de base. Manteigas (313km de Lisboa), Covilhã (279km), Guarda (319km), Belmonte (296km) e Linhares (332km) são as mais indicadas.

Há uma boa oferta de hotéis e pousadas, de preços variados, mas a Serra da Estrela é um local em que investir em uma boa hospedagem vale a pena. Uma das sugestões é a Casa das Penhas Douradas Design Spa, um hotel de charme com uma arquitetura típica das montanhas, localizada a 1.500 metros de altitude, em Manteigas. Foi construído com materiais naturais como, a cortiça, que reveste e isola exteriormente um dos edifícios, e a madeira de bétula, que o reveste interiormente.

A Casa das Penhas Douradas, com sua típica arquitetura de montanha.

A Casa das Penhas Douradas, com sua típica arquitetura de montanha.

Outra dica é a Pousada Convento de Belmonte, que faz parte da rede Pousadas de Portugal. O hotel fica situado numa encosta da Serra da Esperança, a pouco mais de 1 km da vila de Belmonte, e surgiu da recuperação das ruínas do antigo Convento de Nossa Senhora da Esperança, que preservou integralmente a herança histórica do convento.

Na gastronomia não deixe de experimentar o famoso queijo da serra, o cabrito e cordeiros assados ou a truta grelhada. (veja post Sabores de Portugal).

 

Belmonte

Cidade onde nasceu Pedro Álvares Cabral, o descobridor do Brasil em 1500. É dominada pelas ruínas parcialmente restauradas do castelo onde morou a família Álvares Cabral. Ao lado tem uma réplica da cruz de madeira usada na primeira missa em solo brasileiro e na frente duas pequenas capelas, a de Santo Antônio e do Calvário.

Castelo em Belmonte, onde viveu Pedro Álvares Cabral, com a cruz semelhante a da primeira missa no Brasil

Castelo em Belmonte, onde viveu Pedro Álvares Cabral, com a cruz semelhante à da primeira missa no Brasil

Capelas em frente ao Castelo de Belmonte.

Capelas em frente ao Castelo de Belmonte.

O Castelo de Belmonte visto por dentro.

O Castelo de Belmonte visto por dentro.

Igreja da Sagrada Família, ou Igreja Matriz, onde está a imagem quatrocentista de Nossa Senhora da Esperança.

Na Igreja de São Tiago estão os restos mortais da família Álvares Cabral.

Vizinho ao castelo fica o bairro judeu e, mais ao centro, são encontrados vários museus (Judaico, Ecomuseu, do Azeite). O Museu dos Descobrimentos traz várias referências à história e cultura brasileiras.

Casa de pedra com a arquitetura típica de Belmonte.

Casa de pedra com a arquitetura típica de Belmonte.

Sortelha

Vila medieval com tudo a que tem direito: muralha, ruínas de um castelo, casas e ruas de pedra, igrejas e pequenos restaurantes. A entrada é por uma majestosa porta ogival, denominada de Porta da Vila ou da Entrada, que leva ao Largo do Corro. No ponto mais alto, fica a Torre do Castelo, de evidente caráter militar.

A cidade fica localizada no alto de uma colina e oferece uma bela vista da paisagem ao redor.

Os contornos da cidade de Sortelha, no alo de uma colina, no final da tarde.

Os contornos da cidade de Sortelha, no alto de uma colina, no final da tarde.

Sortelha fica no alto de uma colina e a cidade é toda de pedra, cercada por muralhas

Sortelha procura preservar o ar medieval, toda de pedra, cercada por muralhas

O pelourinho fica no centro da pequena vila.

O pelourinho fica no centro da pequena vila.

As ruínas do castelo, de onde se tem uma bela vista da paisagem ao redor da cidade.

As ruínas do castelo, de onde se tem uma bela vista da paisagem ao redor da cidade.

 

Trancoso

Faz parte do roteiro de aldeias históricas de Portugal e pertence ao Distrito de Guarda. O centro histórico é cercado por grandes muralhas, onde se abre a Porta d’El Rei, construída em homenagem ao rei D. Dinis, que casou em Trancoso com Isabel de Aragão, em 1282. Os principais monumentos são o pelourinho, o castelo e a Igreja de São Pedro.

Bela paisagem próximo a Trancoso.

Bela paisagem nos arredores de Trancoso.

Dentro das muralhas do castelo fica o centro histórico da cidade.

Dentro das muralhas do castelo fica o centro histórico da cidade.

A entrada para o centro histórico da cidade.

A entrada para o centro histórico da cidade.

O pelourinho e a Igreja de São Pedro.

O pelourinho e a Igreja de São Pedro.

Veja vídeo:

Portugal, enfim, se revela cheio de surpresas, oferecendo o melhor custo benefício europeu neste momento de crise econômica no Velho Continente. Para saber mais leia também:

Portugal: bom, bonito, barato e falando a nossa língua

Sabores de Portugal

Amazonas e mais: outros destinos

 

Veja também

Governo do Amazonas prepara campanha para incentivar amazonense a conhecer melhor o Estado Cachoeira do Mutum em Presidente Figueiredo é um dos atrativos que deverá compor a campanha da Amazonastur. Foto: PMSCerca de 70% da população amazonense não conhece os atrativos turísticos do Estado. Os dados foram apresentados pelo presidente da Empresa Esta...
Jantar com alta gastronomia e vinhos tops no Domus para casal leitor do portal. Participe do sorteio Jantar de alta gastronomia, no Domus, com vinhos harmonizando todos os passosJantar com alta gastronomia? O que é isso? O Domus Enogastronomia e o Portal do Marcos Santos estão oferecendo, sexta-feira, dia 22/12, um jantar especial. Será feito sorteio entre todos os lei...
Câmara de Turismo do Estado afina discurso para consolidar a atividade no Amazonas O Plano Estadual de Turismo, a importância da parceria com trade para desenvolver o segmento e o novo momento do turismo no Amazonas. Esses foram alguns dos assuntos tratados na 124ª reunião da Câmara de Turismo que aconteceu, nesta terça-feira (05/12), na sede da Se...
Governo do Amazonas trabalha para consolidar Maués no Roteiro Gastronômico do Estado Seguindo a determinação do governador Amazonino Mendes, que é de consolidar a atividade turística no Estado com o objetivo de transformá-la em uma nova matriz econômica, o Governo do Amazonas formou 38 alunos, por meio do curso ‘Cozinha Regional e Gastronomia’, no municí...
Governo do Amazonas quer consolidar o Roteiro de Turismo Gastronômico do Estado A 2ª edição da Feira Internacional de Gastronomia Amazônica (Figa) prossegue até este domingo. Foto: Clovis MIranda/Secom.Implantar e fortalecer o Roteiro de Turismo Gastronômico do Amazonas. Este são os objetivos do Governo do Estado, por meio da Empresa Estadu...

7 comentários para “Turismo em Portugal: As belezas da imponente região da Serra da Estrela

  1. Rogerio P Rabello disse:

    Belo cenário da Serra da Estrela. Parabéns.
    Informações preciosas.

  2. Vera Helena Montenegro disse:

    Belíssimas imagens, comentários interessantes.

  3. O indio disse:

    Caboco bom, que maravilha, se nas fotos a paisagem é linda imagina in loco, um dia conhecerei, se DEUS quiser.

  4. ZULEIDE TORRES disse:

    PAISAGENS BELÍSSIMAS! SE DEUS QUIZER BREVE CONHECEREI.
    DEVIAM TER RESTAURADO O PALÁCIO DE BELMONTE ONDE NASCEU E VIVEU PEDRO ÁLVARES CABRAL, HOJE ENCONTRA-SE SÓ AS RUINAS, AFINAL ELE FOI MUITO IMPORTANTE NA HISTÓRIA DE PORTUGAL.QUANDO EU FOR A PORTUGAL GOSTARIA MUITO DE CONHECER O PALÁCIO DE BELMONTE E FÁTIMA.

  5. Vivianne Gusmao disse:

    Só uma correçao. O queijo caracteristico da região da Serra da Estrela é o Queijo de Ovelha, não o queijo de Cabra, como mencionado.

    RESPOSTA
    Você está certa, obrigado. Já corrigi no texto.

  6. Dalva disse:

    Em janeiro(2016) estarei em Portugal com um grupo familiar, e pretendo conhecer a região.Ficaremos alguns dias hospedados em Vela. Estou ansiosa para visitar a Serra da Estrela , ver um pouco de neve junto às suas belas paisagens e provar o queijo típico .

    RESPOSTA
    A Serra da Estrela é linda. Conhecemos a região em outubro, quando as montanhas ficam cobertas pelas cores outonais. No inverno também deve ficar muito bonita. No local há estações de esqui. Boa viagem!

  7. Cesar Augusto Vandesteen Junior disse:

    é possivel visitar a Serra da estrela em um dia? Vou sair de Coimbra e penso em passar na Serra, visitar e partir para o Porto.
    Se sim, quais os pontos que aconselha visitar?

    RESPOSTA
    Acho que não vale a pena porque você não vai ter tempo de ver quase nada. De Coimbra para Manteigas, cidade central na Serra da Estrela, são mais de 2h de viagem de carro. Da Serra da Estrela para o Porto são outras 3h (consulte o itinerário e duração da viagem no http://www.viamichelin.pt), ou seja, quase o dia todo só viajando de carro. Melhor deixar a Serra da Estrela para outra viagem, já que o legal da região são as belas paisagens, as pequenas cidades e os bons restaurantes, que merecem ser aproveitados com mais calma. Se você quiser fazer uma parada no meio do caminho entre Coimbra e o Porto, a cidade de Aveiro é uma boa opção. Ou então, deixe mais dias para a Região do Porto/Douro, que é muito bonita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook