Pedagoga dá 10 dicas para alunos aproveitarem melhor os estudos

Neste período de retorno às atividades escolares, a maioria dos alunos chega ansiosa para rever amigos e professores. Neste processo, é importante os pais ajudarem seus filhos a se organizar e aproveitar bem a estrutura da escola, visando um melhor aprendizado. A pedagoga Francisca Paris, mestra em Educação e diretora de serviços educacionais da Editora Saraiva, elenca dez dicas práticas sobre o tema.

– Comunicar regras claras – É preciso ensinar as crianças a viver cada momento intensamente, fazendo-os compreender que a vida é feita de ciclos em que ora se estuda, ora se descansa. Com a volta às aulas, eles devem saber que acabou o espírito das férias.

– Manter uma agenda para registrar atividades e horários – Não podemos confiar na memória! Quando se tem uma organização e se sabe o dia certo para entregar cada trabalho, o aluno se dedica na ordem certa, de acordo com as datas. Também evita deixar de cumprir as atividades e esquecer os materiais para a aula do dia seguinte, que devem ser arrumados no dia anterior, não a cinco minutos de sair de casa.

– Cumprir horário escolar – A criança tem que estar na escola no mínimo 10 minutos antes do início da aula. Quem chega atrasado perde importantes partes, como a explicação inicial de como será a atividade do dia e quais materiais serão usados. Um atraso de 15 minutos pode não parecer nada, mas faz com que ela chegue atrapalhada.

– Ter vários materiais de consulta – Claro que a internet tem tudo, mas há outras opções de pesquisa, como arquivos de fotografia, periódicos e enciclopédias. O importante é saber consultar. O “Ctrl C + Ctrl V” é a primeira pesquisa, mas depois é preciso analisar esse conteúdo e escrever sobre ele com suas próprias palavras.

– Estudar todos os dias – Estudar às vésperas de uma prova é péssimo, porque se conta somente com a memória e não se aprende de fato. Estudar diariamente é o ideal, porque aprende-se um pouco por dia.

– Questionar, sempre – Aluno bom é aquele que tem dúvidas. Escola é o lugar de perguntar, então temos que fortalecer o “Não entendeu? Pergunta!”. Não existe questão imbecil, o aluno pode perguntar qualquer coisa.

– Manter um espaço em casa para o estudo – As crianças e jovens de hoje são capazes de fazer várias atividades ao mesmo tempo, mas estudar exige concentração e dedicação. O corpo tem que parar! Esse lugar não precisa ser luxuoso, basta ter uma cadeira e uma mesa para ele e um horário reservado para o estudo, sem ser incomodado. É importante o hábito de se reservar um tempo para isso – meia hora por dia, por exemplo –, sem sacrifícios, porque deixar para adquiri-lo na adolescência é muito mais penoso.

– Obter a progressão do aluno – O objetivo da escola é a aprendizagem, o crescimento em relação a ele mesmo, sem comparações com o restante da classe. Cada criança é única, assim como seu desenvolvimento. A escola tem que ser significativa e não utilitária, já que serve para nos ensinar o que a humanidade construiu.

– Deixar as crianças com tempo livre – Elas não podem ser submetidas a uma rotina rígida. Os pais passam sua ansiedade para a criança, então temos casos de pequenos hipertensos e estressados porque estão com a agenda sobrecarregada. Não precisamos ser 8 ou 80, mas temos que parar com essa ideia obsessiva de preparação e recuperar o brincar. Infelizmente muitas crianças só conhecem o mundo pela televisão e pela internet.

– Estreitar relações com os filhos – Os pais devem perguntar a eles como foi o dia, o que teve de bom e o que não ficou claro no que aprenderam, e participar das atividades da escola. Mesmo que não possam ajudá-los, farão parte da vida deles. O mesmo vale para pequenos sinais de bullying, que crianças e adolescentes muitas vezes não falam espontaneamente, mas acabam revelando-os quando são questionados.

 

Veja também

Plano Nacional de Enfrentamento das Hepatites prioriza o Amazonas O Estado do Amazonas será priorizado no Plano de Enfrentamento das Hepatites Virais do Ministério da Saúde, que começará a imunizar a população nos próximos meses. A confirmação foi dada pelos representantes do MS, após audiência pública realizada na última terça-feira (...
Obra irregular no São Jorge é embargada e tem material apreendido Seixo e areia foram despejados em via pública. Foto: DivulgaçãoEm ação de fiscalização no sábado, 24/9, o Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb) aplicou multa por reincidência, embargou e fez apreensão de material em uma obra irregular de um galpão na rua ...
CAIMIs têm programação especial em comemoração ao Dia do Idoso Em alusão ao Dia do Idoso, comemorado no dia 1º de outubro, os Centros de Atenção Integral à Melhor Idade (Caimis) em Manaus preparam uma semana inteira de atividades socioeducativas, recreativas e lúdicas para os usuários e colaboradores das unidades.No Caimi Paulo Lima...
Amadeu Teixeira segue internado em UTI, com quadro estável, após queda que quebrou costelas e perfur... Amadeu Teixeira tem respeito e admiração pela perseverança e dedicaçãoO técnico mais longevo do futebol mundial, com registro no Guiness Book, o desportista Amadeu Teixeira, 91 anos (30/06/1926), completa três semanas de internação, metade do tempo numa UTI da Unimed, n...
Superprodução para lançar tema 2018, ‘Caprichoso: ‘Sabedoria popular, uma revolução ance... http://www.portaldomarcossantos.com.br/wp-content/uploads/2017/09/2017-09-23-VIDEO-00103199.mp4 O Festival Folclórico de Parintins vive neste fim de semana momentos decisivos. O Boi Bumbá Caprichoso lançou, neste sábado (23/09), o tema para 2018: "Caprichoso: Sabedoria popu...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook