Madeira ilegal é apreendida em Manaus e em Presidente Figueiredo

Na manhã desta quinta–feira (31/07), foram apreendidos 14 metros cúbicos de madeira ilegal. A ação foi realizada pelo Batalhão Ambiental da Polícia Militar, na avenida Coronel Teixeira ou Estrada da Ponta Negra, bairro Compensa 2, na Zona Oeste de Manaus. O material era transportado por Emerson Pereira e Odilson Albuquerque em um caminhão de placas não divulgadas.

madeira

A madeira ilegal apreendida será doada à entidade filantrópica.

De acordo com a titular da Delegacia Especializada em Crimes Contra o Meio Ambiente (DEMA), delegada Izolda Couto, os dois homens não apresentaram o Documento de Origem Florestal (DOF), obrigatório para transporte da origem até o local de destino do material.

Eles responderão por crime de transporte ilegal de madeira (Artigo 46 da Lei nº 9605/98 do Código Ambiental). Emerson e Odilson assinaram Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e foram liberados para responder ao processo em liberdade, conforme a legislação. A madeira apreendida será doada a uma entidade filantrópica.

Presidente Figueiredo

Os servidores da Delegacia Especializada em Crimes Contra o Meio Ambiente (DEMA) registraram por volta de 8h de quarta-feira (30/07), uma apreensão de aproximadamente 62 metros cúbicos de madeira ilegal. A ação foi realizada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), no quilômetro 990, da Rodovia BR-174, em Presidente Figueiredo, há 117 quilômetros em linha reta de Manaus. A madeira era transportada sem Documento de Origem Florestal (DOF), obrigatório.

O material era levado por Cleidson Cândido Ribeiro e Nilton Carlos Dias em duas carretas que não tiveram as placas divulgadas.

De acordo com a Titular da DEMA, Delegada Izolda Castro Couto, Cleidson e Nilton responderão pelo crime de transporte ilegal de madeira (Artigo 46 da Lei nº 9605/98 do Código Ambiental), por não possuir o documento obrigatório. Os dois assinaram Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e foram liberados, podendo responder ao processo em liberdade.

A madeira apreendida foi levada Comando Geral da Policia Militar do Amazonas, para ser doada a uma entidade filantrópica.

Veja também

A nulidade do voto Se fizermos uma conta simples, com números aproximados, tomando os dados da eleição amazonense, veremos algo espantoso. Se a abstenção for de 20%, em cerca de 2,3 milhões de eleitores, já teremos um total de 460 mil ausentes, ou seja, apenas 1,840 milhão deverão comparecer à...
No meio do povo, Amazonino festeja os 30 anos do bairro Armando Mendes O candidato Amazonino Mendes (PDT) festejou ao lado dos moradores do bairro Armando Mendes, Zona Leste, os 30 anos de fundação da comunidade, no fim da tarde desta quarta-feira (23), durante um minicomício. A manifestação popular contou com a participação do prefeito de ...
A gastronomia amazonense pede socorro A gastronomia vem, cada vez mais, ganhando destaque no cenário nacional. No turismo, mundo afora, isso é uma realidade que atravessa os séculos. Até os Estados Unidos, cuja aptidão gastronômica sempre foi muito criticada, principalmente devido ao gosto pelo fast food, vai ao...
Eduardo Braga e Marcelo Ramos trocam abraço caloroso, em evento com artistas, encerrando boatos de b... Eduardo Braga e Marcelo Ramos trocam abraço caloroso, durante evento no PCdoB, encerrando os boatos de que brigaram. Foto: Chico BatataUm evento promovido pelo Partido Comunista do Brasil (PCdoB), na noite desta terça-feira (22/08), mostrou que as relações entre o senad...
Menos de 48h após prisão, Mano Kaio, que preparava execuções, pede desculpas às famílias dos que mat... O líder da facção criminosa Família do Norte (FDN), Kaio Wellington Cardoso dos Santos, conhecido como “Mano Kaio”, pediu desculpas às famílias das pessoas que matou. O traficante, que tem fama de sanguinário e é acusado de vários crimes, confessou que estava organizando um ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook