Madeira ilegal é apreendida em Manaus e em Presidente Figueiredo

Na manhã desta quinta–feira (31/07), foram apreendidos 14 metros cúbicos de madeira ilegal. A ação foi realizada pelo Batalhão Ambiental da Polícia Militar, na avenida Coronel Teixeira ou Estrada da Ponta Negra, bairro Compensa 2, na Zona Oeste de Manaus. O material era transportado por Emerson Pereira e Odilson Albuquerque em um caminhão de placas não divulgadas.

madeira

A madeira ilegal apreendida será doada à entidade filantrópica.

De acordo com a titular da Delegacia Especializada em Crimes Contra o Meio Ambiente (DEMA), delegada Izolda Couto, os dois homens não apresentaram o Documento de Origem Florestal (DOF), obrigatório para transporte da origem até o local de destino do material.

Eles responderão por crime de transporte ilegal de madeira (Artigo 46 da Lei nº 9605/98 do Código Ambiental). Emerson e Odilson assinaram Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e foram liberados para responder ao processo em liberdade, conforme a legislação. A madeira apreendida será doada a uma entidade filantrópica.

Presidente Figueiredo

Os servidores da Delegacia Especializada em Crimes Contra o Meio Ambiente (DEMA) registraram por volta de 8h de quarta-feira (30/07), uma apreensão de aproximadamente 62 metros cúbicos de madeira ilegal. A ação foi realizada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), no quilômetro 990, da Rodovia BR-174, em Presidente Figueiredo, há 117 quilômetros em linha reta de Manaus. A madeira era transportada sem Documento de Origem Florestal (DOF), obrigatório.

O material era levado por Cleidson Cândido Ribeiro e Nilton Carlos Dias em duas carretas que não tiveram as placas divulgadas.

De acordo com a Titular da DEMA, Delegada Izolda Castro Couto, Cleidson e Nilton responderão pelo crime de transporte ilegal de madeira (Artigo 46 da Lei nº 9605/98 do Código Ambiental), por não possuir o documento obrigatório. Os dois assinaram Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e foram liberados, podendo responder ao processo em liberdade.

A madeira apreendida foi levada Comando Geral da Policia Militar do Amazonas, para ser doada a uma entidade filantrópica.

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook