Serviço 24h vai receber denúncias de violação dos direitos humanos

Dois novos serviços de atendimento às denúncias de violação dos direitos humanos foram inaugurados nesta sexta-feira (15/05). Antes funcionando em horário comercial, o Call Center da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semmasdh), que fica na zona Centro-Sul, agora passa a operar 24 horas.

“Estamos aprimorando e isso vai permitir que direcionemos nossos esforços para as pessoas que mais precisam. A ideia é que todos os dados coletados sirvam também de base para melhorarmos nossas ações”, destacou Goreth Garcia.

As ligações para o Disque Direitos Humanos (0800 092 6644) e o Disque Denúncia (0800 092 1407) são gratuitas. As chamadas podem ser feitas de quaisquer telefones fixos ou celulares. “A partir dessa restruturação poderemos dar mais agilidade aos serviços que oferecemos. Além disso, estamos com todas as nossas equipes atuando de maneira integrada, com atividades multidisciplinares”, completou a secretária da Semmasdh.

Os disques Denúncia e Direitos Humanos vão receber demandas relacionadas às violações de direitos das crianças, adolescentes e idosos, além de registrar manifestações, reclamações, sugestões e informar à população sobre seus direitos e ações da Semmasdh.

 

Um comentário para “Serviço 24h vai receber denúncias de violação dos direitos humanos

  1. Francisco das chgas rodrigues gomes disse:

    Venho apresentar denuncia contra a construtora Direcional. Comprei um apartamento no condominio Gran Vista, de propriedade da referida construtora, e desde entao venho passando pelo constrgimento de a minha cozinha inundada por suja quase diariamente. Ja procurei os (Ir)responsaveis pela construtora aqui mas nada foi resolvido. Enquanto isso a aludida construtora continua atuando na praca oferecendo produtos de qualidade duvidosa. Eles chegam de mansinho, vende gato por lebre e nos ficamos na pior. Gostaria de contar com a ajuda desse sistema de cominicao.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook