Bandidos invadiram fórum e até paiol da PM para roubar armas e munições que usam em assalto, intimidação e assassinato

armas-pt40

Pistola pt40, de uso exclusivo da polícia, é comumente encontrada com bandidos. Uma delas foi entregue ao Instituto de Criminalística e apreendida duas semanas depois novamente nas ruas, o que está gerando rumoroso inquérito em vias de finalização

Todos se perguntam como, num Brasil onde o uso de armas é extremamente restrito, bandidos exibem tanto armamento pesado, a ponto de intimidar policiais. Uma das explicações toda autoridade de segurança oferece: o tráfico pelas desguarnecidas fronteiras brasileiras. A outra é a ousadia. O comandante da Polícia Militar do Amazonas (PM-AM), coronel Marcus James Frota, revela que, ano passado, eles invadiram o paiol de munição da corporação, localizado no Centro de Manutenção, levando 26 armas .40, exclusivas. Eles também conseguem acesso ao armamento guardado como prova, em processos, dentro dos fóruns de Justiça, que inclusive já foram atacados diretamente. É assim que o cidadão, amarrado pelo cumprimento das leis, vai ficando indefeso diante do crime organizado.

 

Rouba-apreende

Há uma disputa diária, entre a PM e os criminosos, pelas armas da corporação. “Várias armas são extraviadas e, diariamente, entre oito a 12 são recuperadas”, revela Marcus James Frota.

 

‘Operação Quintessência’

A “Operação Quintessência”, da Polícia Federal (PF), desencadeada para apurar crimes eleitorais na eleição para o Governo do Amazonas, em 2014, está tendo vários desdobramentos. O primeiro foi a quebra do sigilo pelo desembargador João Mauro Bessa, praticamente nos últimos dias de assento dele, que sai sexta (06/05), no TRE-AM. O outro é o penal, com um inquérito em curso na PF, sob o comando do delegado Franco Perazzoni.

 

Esquema

Coronéis da PM, com apoio do empresário Francisco Sampaio Neves, o “Chaguinha”, e do então secretário de Segurança, Paulo Roberto Vital, juntavam e distribuíam dinheiro na campanha, inclusive apreendido do adversário, Eduardo Braga, e até, conforme se depreende de escuta telefônica, do tráfico de drogas.

 

Coronéis vão falar

Os principais implicados são coronéis da PM. Marcus James Frota, o atual coronel comandante, Raimundo Roosevelt Encarnação, Ewerton da Souza Cruz, Marcus Brandão da Cunha e Berilo Bernardino de Oliveira são citados nominalmente. Entre esses há descontentes, que teriam sido “jogados n’água” (abandonados) pelo governador, dispostos a contar tudo que sabem. Agora em maio, segundo uma fonte do portal, eles devem ser ouvidos no inquérito.

 

Mais perigoso que o processo de cassação

Um especialista em direito eleitoral afirma que o processo resultante da “Operação Quintessência”, pendente de julgamento no TRE-AM, pronto para votação no plenário, é muito mais grave que aquele no qual José Melo foi cassado pela corte. Daí o nome. Aristóteles, o último homem a deter todo o conhecimento disponível em seu tempo, determinava terra, água, ar e fogo como os quatro elementos, considerando haver outro, o quinto, a quintessência, que não conseguiu especificar. Ou seja, alguém da PF deu esse nome por considerar que os crimes apurados vão além da ciência criminal.

 

O corte no Estado

José Melo faz um governo com dois objetivos. O primeiro é não ser cassado. O segundo é não se tornar o pior administrador estadual da história, que, além de tudo, enfrenta essa crise duríssima. Ele já fez diversos cortes. Diminuiu o expediente, para economizar no custeio, cortou o tíquete alimentação e tem fornecedor sem receber há mais de um ano. Terça (03/05), Melo reuniu o secretariado e pediu a todos que cortem mais 20% das despesas. Muitos gestores sentiram calafrios porque estão no osso.

 

Cargos comissionados

Vai sobrar para os ocupantes de cargos comissionados. Basta, porém, que os secretários sejam liberados para demitir os apadrinhados políticos, aqueles que nem aparecem e só vão direto ao banco receber os salários. Aí passa dos 20%.

 

Risco aos 13º Salário

Os governos costumam entesourar, todos os meses, uma parte da arrecadação para pagar o 13º Salário. É costume adiantar metade até julho. Esta semana, o secretário estadual de Fazenda, Afonso Lobo, já declarou que esse adiantamento dificilmente acontecerá. Pior é que há fonte governamental afirmando que pagar em dezembro está difícil e até o salário mensal começa a perigar.

 

Crise chega ao Chibatão

O empresário José Ferreira de Oliveira, o Passarão, dono do porto Chibatão, queixa-se de que os negócios vão mal. O pátio virou um cemitério de containers vazios. “Os negócios caíram 70%”, afirma. É um sinal indiscutível do impacto da crise no Amazonas.

 

Plástico roubado

Um dos setores que mais diminuiu, na Zona Franca de Manaus (ZFM), tanto com a crise quanto pela substituição de matéria-prima nos televisores, é o Polo de Plástico. Esta semana descobriu-se na empresa São Cristóvão, no Armando Mendes, 2,3 toneladas de matéria-prima que havia sido roubada. Um empresário disse que já denunciou à polícia um caminhão, que estacionou na frente de sua empresa, oferecendo plástico roubado de uma concorrente. A polícia estima que, em 2015, 360 toneladas do produto foram roubadas.

 

Crise no setor

Uma das maiores indústrias de plástico tinha 1.450 funcionários, diminuiu para 690, antevendo as dificuldades, baixou para 190 e agora já está pensando em reduzir para apenas 110 trabalhadores.

 

Caminhões

A empresa de injeção plástica do industrial, fonte do portal, havia crescido e se modernizado. Comprou uma frota de caminhões novos. Hoje, 40 desses veículos estão parados e 120 saem só uma vez por dia. Antes eles faziam várias viagens diárias.

 

Custo trabalhista

O industrial afirma que um dos maiores problemas, além dos apontados na nota anterior, é o custo trabalhista. “Funcionário que ganha R$ 5 mil custa R$ 12 mil para a empresa”, revela. O grosso vai para Previdência, Imposto de Renda, transporte e alimentação.

 

Confronto nos presídios

Tudo leva a crer que está havendo um confronto entre a empresa Umanizzare Gestão Prisional Privada, que terceiriza cinco presídios em Manaus e o de Itacoatiara, e o secretário estadual de Administração Penitenciária (Seap), Pedro Florêncio. A coisa azedou de vez depois da fuga de 39 presos, por um túnel, segunda (02/05), do Centro de Detenção Provisória Masculina (CDPM), e da rebelião de terça (03/05), com seis prisioneiros fazendo quatro reféns na mesma cadeia. Haverá desdobramentos.

 

Flávio Pascarelli

Flávio Pascarelli é o novo presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM). Anunciou que vai fazer uma gestão mais política do tribunal e quer revisar a questão financeira. Deve convocar os seis novos desembargadores, cujas vagas foram aprovadas pela Assembleia Legislativa e referendadas por José Melo. Vai faltar dinheiro.

 

Novos juízes desembargadores

Jomar Fernandes e Anselmo Chíxaro são os dois juízes mais antigos da capital e que devem assumir duas das quatro vagas do TJAM entre os novos desembargadores. As outras duas, cujo critério de preenchimento é merecimento, devem ser disputadas por Aírton Gentil, Joana Meireles e Elci Simões.

 

OAB-AM

A OAB-AM vai indicar um dos seis novos desembargadores. Tudo indica que a vaga deve ser disputada entre o ex-presidente Fábio Mendonça e o subsecretário estadual da Casa Civil, Sílvio Costa.

 

MPE-AM

A última e sexta vaga pertence ao Ministério Público Estadual do Amazonas (MPE-AM). O ex-procurador geral Francisco Cruz e o atual corregedor da instituição, José Roque Marques, são os dois nomes mais fortes.

Veja também

Ortopedistas confirmam enfrentamento e anunciam ações em hospitais a partir deste sábado (25/11) Rafael Benoliel, presidente do ITO-AM, levanta troféu durante recente congresso da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT) em Manaus. Entre ele e o médico Francisco Brandão, o presidente da SBOT-AM, Paulo Su. Ortopedistas querem "resgatar dignidade"Os o...
Amazonino efetiva Paula Kanzler no comando da Secretaria de Estado de Política Fundiária Paula Kanzler assume a pasta antes ocupada por Diego Afonso. Foto: ReproduçãoFoi publicada no Diário Oficial do Amazonas, edição de 17/11, a nomeação de Paula Andrea Kanzler Soares como titular da Secretaria de Estado de Política Fundiária (SPF). O Portal do Marcos Sant...
Governo fecha acordo com 17 cooperativas médicas, isola ITO-AM e médicos alfinetam gestão David Alme... Médicos e enfermeiros aceitaram parcelamento dos salários, que estão atrasados entre um e cinco mesesO Governo do Amazonas, em reunião realizada na tarde desta sexta (24/11), firmou acordo salarial com 17 cooperativas médicas. Vai pagar outubro, "o mês da atual gestão",...
Marinha chega ao naufrágio do barco Tanaka e constata que há dois desaparecidos. Buscas começam O barco Tanaka Neto IV virou com 102 passageiros a bordo. Fotos: Divulgação CMA A Marinha do Brasil, por intermédio do Comando do 9° Distrito Naval, informa que dois passageiros que estavam no barco Tanaka Neto IV estão desaparecidos. A embarcação virou  na manhã desta sex...
Barco adernou após bater em pedra com 102 passageiros a bordo Barco adernou, após sair de São Gabriel da CachoeiraAo deixar São Gabriel da Cachoeira, a embarcação Tanaka IV bateu em uma pedra e virou. O Município fica a 856 quilômetros de Manaus. O barco adernou quando estava a caminho da capital, na manhã desta sexta-feira (24/11...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook