Quinta-feira, 26 de abril de 2018

Braga reaparece, diz que medidas de Melo podem ser revistas e oferece ajuda

Eduardo-Braga

Braga oferece ajuda para José Melo e Arthur Virgílio enfrentarem a crise

O senador Eduardo Braga, que sumiu do noticiário após pedir licença e não votar o impeachment no Senado, reapareceu em entrevista, ainda no aeroporto. Falou da gravidade da situação e disse que está disposto a oferecer ajuda, “com humildade”, para superar a crise. Braga não abandonou totalmente, porém, o tom ácido e deu estocada no governador José Melo, afirmando que “algumas medidas podem ser revistas”. “Estou à disposição, tanto do Estado quanto da Prefeitura, em Brasília, para ajudar o Amazonas a superar (os problemas). Será que não poderíamos mudar um pouco certas decisões que estão sendo tomadas? Acho que certas posições estão equivocadas”, disse.

 

Caic’s e Caimi’s

Braga acha que não dá para confundir os Centros de Atendimento à Criança (Caic’s) e Melhor Idade (Caimi’s) com Unidades Básicas de Saúde (UBS). “Pediatra não está na UBS, fisioterapia para idosos não se faz em UBS, urgência não é para UBS”, ressaltou, criticando a “modernização” do sistema de saúde em implantação no governo Melo.

 

Humildade x arrogância

O senador mostrou que está de olho nas pesquisas qualitativas. Elas apontam, desde a eleição para o Governo do Estado, que ele é tido como “arrogante” e que isso inibe o voto. “Muita gente confunde, quando aponto soluções, com arrogância”, disse. O tom que usou na entrevista foi, quase o tempo inteiro, um tanto quanto… diferente, com matizes de humildade. Veja o vídeo:

 

Prefeitura

Anote: são candidatos a prefeito de Manaus Arthur Virgílio (reeleição), Marcelo Ramos, Hissa Abrahão e, entrando na briga, Silas Câmara. Marcos Rotta e Chico Preto ainda não oficializaram a intenção.

 

Festival de Parintins

A Prefeitura de Parintins vai tocar o Festival Folclórico. O prefeito Alexandre da Carbrás conta, para isso, com a promessa de verba do Ministério do Turismo. Dizem que, autoridades do ministério, consideraram “uma loucura” abandonar a festa à própria sorte, dada a inserção internacional que possui. A confirmação de valores é esperada nesta sexta (03/06).

 

R$ 5 milhões

O senador Omar Aziz também recebeu sinal positivo do ministro Henrique Eduardo Alves. Mas a verba deve ser de R$ 5 milhões apenas. Os outros R$ 10 milhões podem vir do Ministério das Relações Exteriores, através da secretaria que cuida da divulgação internacional da cultura brasileira. E aí começa outra batalha.

 

Jurados

Os presidentes de bumbás estão deixando para a última hora a decisão sobre a escolha dos jurados para o Festival. Existe a possibilidade de que o julgamento seja feito entre nomes de Manaus, o que é vetado no atual regulamento. No fundo, no fundo, esperam que a verba de Brasília permita manter o esquema como estava: correria insana, por três Estados, pegando jurados no laço.

 

Hora crucial

A crise, com o afastamento do Governo do Estado, serviu para reflexão dos dirigentes de Caprichoso e Garantido. O declínio do Festival de Parintins vem ocorrendo há alguns anos e ninguém queria ver. Agora chegou a hora de baixar a bola e recomeçar como sempre foi: com humildade e deixando o talento dos artistas prevalecer diante da arrogância e do estrelismo.

 

Coco Bambucoco-bambu2

coco bambu3

O tapume do Coco Bambu no Ponta Negra Shopping e, acima, um dos pratos mais tradicionais da casa, a lagosta

Um dos mais incensados restaurantes cearenses, o Coco Bambu, anunciado nesta coluna como novidade do Shopping Ponta Negra, está em obras. Contabiliza filiais espalhadas pelo Brasil, vai inaugurar em Miami e tem o desafio de trazer para Manaus frutos do mar frescos. O estabelecimento não confirma, mas a inauguração deve acontecer em dezembro.

 

Dia Livre de Impostos

O Manauara Shopping e a Câmara de Dirigentes Lojistas de Manaus Jovens (CDLJ) realizaram nesta quinta (02/06) o Dia Livre de Impostos (DLI). Era num posto de gasolina e agora se transferiu para o centro de compras. Uma multidão foi conferir. Havia desconto de até 80%, para mostrar como a carga tributária impacta fortemente os preços dos produtos à venda no comércio.

 

Marcelaine

A condenação de Marcelaine Schumann, por homicídio tentado, foi apertada. Os três primeiros dos sete jurados votaram pela absolvição dela. Só os quatro finais condenaram, virando o jogo.

 

Dorme e volta

Marcelaine vai dormir na cadeia e tem o direito de sair durante o dia, desde que comprove ter um local para trabalhar.

Veja também

Escritório de Giuliani nega contrato com o Governo do Amazonas, em resposta a Serafim Corrêa Em resposta à consulta feita por Serafim, a assessoria do escritório informou que ainda não há contrato, só um termo de intenção. A assessoria do escritório “Giuliani Security & Safety”, de Rudolph Giuliani, informou ao deputado Serafim Corrêa (PSB), na manhã desta q...
Prefeitura leva ação social para mulheres em condição de rua Os itens que irão compor os kits de higiene pessoal que serão doados às mulheres em condição de rua foram arrecadados pelos servidores municipais. Foto: Karla Vieira/Manaus Solidária Mais de 100 mulheres em condição de rua receberão uma programação especial e totalme...
CGL/AM lança edital de licitação para o sistema viário de Tefé A recuperação do sistema viário de Tefé está orçada em R$ 9.936.668,17. Foto: Divulgação A Comissão Geral de Licitação do Estado do Amazonas (CGL/AM) vai lançar, nesta sexta-feira (27/04), o edital que visa contratar uma empresa para revitalizar o sistema viário do municíp...
Arthur Lins assume Casa Civil do Estado, após acidente com José Pacífico Arthur Lins assume Casa Civil do Estado, no lugar de José Pacífico, após acidente que deixará ex-titular em recuperação por até três meses O advogado Arthur César Zahluth Lins foi nomeado nesta quinta (25/04) para chefia da Casa Civil do Governo do Amazonas. O cargo já f...
Amazonino afirma que professores de escolas estaduais ganham mais que os da UEA. Veja o balanço dos ... O governador Amazonino Mendes fez balanço de seis meses de gestão ao lado de secretários do Estado. Foto: PMS O governador Amazonino Mendes reuniu a imprensa, na manhã desta quinta-feira (25), na sede do Governo, para prestar contas dos seus seis meses de gestão. A co...

3 comentários para “Braga reaparece, diz que medidas de Melo podem ser revistas e oferece ajuda

  1. Elisandro Almeida disse:

    Eduardo Braga por que vc não vai cuida do seu cargo de senador do estado e deixa que a justiça cuide do melo, por que qr tanto o governo esta ficando sem dinheiro esta desempregado por acaso, vc ja tem seu trabalho vc não escolheu ser senador, por que tira a vaga de quem concorria ja que não a qr… fique no seu lugar… Sergio mouro esta so de olho no Amazonas nos corruptos que destruirão uma nação tomem cuidado pois o povo ja esta no seu limite…

  2. Elisandro Almeida disse:

    Marcos Santos deixe o Coco Bambu la mesmo, no Ceara vc consegue comer lagosta e Camarão a um preço bom, vão fazer o que todo dono de restaurante faz meter a mão no bolso do pobre do Amazonense, a dois dias fui a churrascaria búfalo frequentava com minha família 2 vezes por semana no rodizio de 49.90 de segunda a quinta ele achando que estava ganhando pouco aumentou para 89,90 os clientes sumiram quando fui la a 2 dias atras ele tinha baixado para 49,90 inclivel tava lotado, fui ate tabatinga e dei um pulinho na Colômbia nos eramos 10 comemos lagosta em um dos melhores restaurante pagamos todos juntos 600 reais… inclivel como o empresario amazonense e olho gordo e aproveitador…

  3. Elisandro Almeida disse:

    A Eduardo Braga deixa eu te fala eu sou empresario atacadista de material de construção todo mundo e contra o fechamento das unidades básicas de saudê e caimes como de qualquer outro órgãos do governo municipal e federal, vc sabe Eduardo Braga quanto eu comprava por mês vou te fala R$ 200,000.00 isso era todo mês vc sabe quanto eu pagava de icms para quem sabe gente, esses imposto e o imposto de entrada de do estado eu pagava todo mes seu Eduardo Braga 21,9% e vc sabe de quanto era esse imposto antes de vc assumi o governo era de 10%, e vc com olho grande como sempre foi colocou para 21,9% não sou eu mais como milhares de empresários pagávamos milhões ao estado do Amazonas então seu Eduardo braga eu pagava todo mês na faixa de 50 mil reais para o estado do Amazonas fuder não so eu como milhares de empresários que sustentam vagabundos como vcs políticos, que nada fazem ao povo e a
    empresario, resultado seu Eduardo hj eu compro 10 mil reais por mês pago 2 mil de imposto demitir 90% dos meus funcionários ainda não fechei as portas por graça de Deus, Mais já fechei outra loja, ta ai a resposta por que ele resolveu fecha os caimes e simples políticos iguais a vcs não era nem para existi… Mais seu Eduardo Braga essa crise vcs causaram no pais e Deus intervindo pelo povo… fique esperto com Deus não se brinca

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook