Há mais de 50 anos no Centro, moradora diz que nunca sofreu tanto com falta de água

Sou “bicho do Centro”. Desde que nasci, moro no Centro de Manaus, trocando de Rua, mas continuando no Centro há mais de 50 anos. Acreditem, que desde meus 10 anos de idade jamais passei tanto tempo com problemas d’água como agora. E olhem… já sou “quase sex”!

Brincadeiras à parte, moro na Visconde de Porto Alegre e há mais ou menos um mês (exatamente: mais ou menos 1 mês), estamos regrando além da conta o uso deste precioso líquido, pois ficamos sem água grande parte do dia. A falta é tão grande, que as reservas (os tanques) esvaziam muito rapidamente. Por vezes, como ontem, dia 11/07), às 21h ficamos sem água e somente agora pela manhã ela “ameaça” voltar. Mas é tão “fina”, tão fraca, sem pressão suficiente para encher os tanques. Quando, enfim, isso começa a acontecer, já está no horário de faltar água novamente.

Parece-me que o horário de abastecimento é até as 11 da manhã e depois, somente após as 20h, o que pode ser alterado (eu acho), como aconteceu ontem, que não tínhamos o fornecimento já as 21h. O pior de tudo, é que não há qualquer justificativa ou previsão para normalizar o serviço, que deve ser algo similar à construção das Pirâmides, pois nada justifica o tempo que estamos com irregularidade no fornecimento de água.

 

Heloisa Veiga

 

Veja também

Terceirizado, desesperado, salário atrasado, o nome do escravo ‘moderno’ no Amazonas. Co... Terceirizados do João Lúcio protestam pedindo pagamentoTerceirizado, trabalhador das empresas que prestam serviço público no Amazonas, é o nome da vítima do maior escândalo da atualidade. O maior e mais visível da história estadual. Vão receber, dia 22 de dezembro, os s...
Entenda a saída de Bosco Saraiva do PSDB e como fica a aliança de Arthur com Amazonino A saída de Bosco Saraiva do ninho tucano mexe nas relações do prefeito Arthur com o governador AmazoninoO vice-governador e secretário estadual de Segurança, Bosco Saraiva, acaba de deixar o PSDB, do prefeito Arthur Virgílio. Foi para o Solidariedade (SDD), do líder da ...
Governador Amazonino Mendes e embaixador peruano discutem parcerias comerciais O governador Amazonino Mendes e o embaixador do Peru, Vicente Rojas Escalante, em reunião na sede do Governo. Foto: Clovis Miranda/Secom.Uma parceria comercial entre o Estado do Amazonas e o Peru, por meio de uma logística fluvial, foi a pauta do encontro entre o govern...
Veículos abandonados são retirados de quatro bairros da zona Norte de Manaus Os veículos foram retirados dos bairros Colônia  Santo Antônio, Cidade Nova, Manoa e Parque das Nações. Foto: Marinho Ramos/Semcom Uma operação de trânsito realizada em vias da zona Norte, na manhã desta quarta-feira (22/11), removeu cinco sucatas de veículos abandonados n...
Gerente do DB afirma que violência está espalhada e anuncia cancelas nas lojas de maior movimento Grupo DB vai adotar cancelas para tentar conter assaltos aos clientes.O gerente de marketing do grupo DB, Guto Corbett, respondeu as denúncias de assaltos no DB Ponta Negra. "Colocamos, além da segurança terceirizada, cancelas de controle nas lojas de maior movimento. O...

Um comentário para “Há mais de 50 anos no Centro, moradora diz que nunca sofreu tanto com falta de água

  1. Carlos Santana disse:

    Dois Pesos e Duas Medidas – Projeto: PROSAMIM
    Prezado Senhor,
    Gostaria de saber, o porquê do tratamento diferenciado entre os Parques: JEFERSSON PERES – PARQUE RIO NEGRO em relação aos Parques MESTRE CHICO – PONTE ROMANA 1 E 2 ( Sete de Setembro ). Enquanto uns tem segurança 24 horas e é gradeada em toda a sua extensão, os outros, estão abandonados, só serve para morador de rua e tráfico de drogas. Os projetos não tem a mesma finalidade? Com a palavra a UGPI – PROSAMIM / SEC / MPE.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *