Verdade sobre prisão de primo de Omar e irmã de Nejmi na Operação Maus Caminhos. E como foi preso o filho de Zé Roberto, da FDN

centro-ismael-abdel-aziz

Centro Ismael Aziz é uma das quatro unidades geridas pelo Instituto Novos (ou maus) Caminhos. Foto: José Rodrigues

O empresário Mouhamad Moustafa, preso pela Polícia Federal na Operação Maus Caminhos, não é primo do ex-governador e senador Omar Aziz. Da mesma forma, a irmã da ex-primeira dama Nejmi Aziz, esposa de Omar, não foi presa na ação. O contrato investigado, ao mesmo tempo, foi firmado durante a gestão estadual atual, do governador José Melo. Esses dados, repassados por uma fonte do portal, não puderam ser confirmados pela Polícia Federal na coletiva de imprensa, nesta terça (20/09), por obediência a portaria da diretoria-geral da instituição, proibindo divulgação de nomes de envolvidos em investigações.

 

Mouhamad Moustafa

O nome de Mouhamad Moustafa, que mora no condomínio de luxo Ephigenio Sales, foi citado em nota distribuída pelo Ministério da Transparência e Controladoria Geral da União (CGU), nesta terça (20/09), logo cedo.

 

Escândalo

É escandaloso que, para gerir quatro unidades estaduais de saúde, o Instituto Novos Caminhos (INC) tenha recebido R$ 220 milhões em dois anos. São a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Campos Sales, em Manaus, o Centro de Reabilitação em Dependência Química Ismael Abdel Aziz, em Rio Preto da Eva, e a Maternidade Enfermeira Celina Villacrez Ruiz, além da Unidade de Pronto-Atendimento 24 horas, em Tabatinga (AM).

 

‘Laranja’

Mouhamad Moustafa é acusado na operação de firmar convênios com as empresas Salvare Serviços Médicos Ltda, Sociedade Integrada Médica do Amazonas Ltda (Simea) e Total Saúde Serviços Médicos e Enfermagem Ltda para fugir da livre concorrência, isto é, para contratar sem licitação. Vem mais prisões por aí.

 

Prisão cinematográfica

luciano-zeroberto

Luciano estava jogando futebol, em campo cercado de seguranças, quando foi surpreendido e preso

A Polícia Civil usou de ardis dignos de filme de Hollywood para prender o filho do traficante Zé Roberto da Compensa, Luciano da Silva Barbosa. O “herdeiro do tráfico”, como é conhecido, é amante do futebol. Estava num campo da Compensa, na arquibancada, quando um policial disfarçado de picolezeiro, maltrapilho, se aproximou. Quando os seguranças (havia vários) perceberam e tentaram sacar as armas, o policial tirou uma escopeta do carrinho de picolé e imobilizou todos. Foi quando o resto da força envolvida entrou em ação. Ninguém mais foi preso. Só ele. Ação cirúrgica.

 

Prisão cinematográfica (2)

Pode ter parecido simples e, sem dúvida, foi eficiente. Mas a prisão do “herdeiro do tráfico” foi trabalhosa. Envolveu os departamentos de Investigação sobre Narcóticos (Denarc) e de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), além da Secretaria Executiva Adjunta de Inteligência (Seai) e o Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera). A prisão ocorreu dia 15/09/2016, mas estava decretada desde novembro/2015, quando ocorreu a “Operação La Marulla”. Mais um duro golpe no crime organizado sob comando da Família do Norte (FDN).

 

Pesca esportiva

Dia 7 de outubro, às 10h, a Assembleia Legislativa recebe audiência pública “Política Pública de Estímulo à Pesca Esportiva no Estado do Amazonas”. Não era sem tempo. A atividade domina os rios da região e chega de o Governo do Estado fingir que não existe.

 

Pesca esportiva (2)

A Secretaria Estadual de Produção Rural (Sepror), que tem uma Secretaria-Adjunta de Pesca, tem dito aos representantes do setor que sozinha não consegue fazer muita coisa. É preciso criar infraestrutura, como o asfaltamento de ramais, para que o Estado cobre impostos e dê a justa contrapartida.

 

Pesca esportiva (3)

Milhares de pescadores chegam ao Amazonas, vindos de outros Estados e até de outros países, investindo somas consideráveis para se embrenhar nos rios e pescar os tucunarés. Só o Governo do Amazonas não vê.

 

Óbidos traz Waldo César para Troféu Pauxi

Uma das maiores colônias do Amazonas, a do Município de Óbidos (PA), anuncia a atração para o baile da 12ª edição do Troféu Índio Pauxi. Será Waldo César, o “cantor que acelera os corações apaixonados”, um dos maiores ídolos da cidade paraense. O evento está marcado para 24 de setembro, em Manaus, no Club Fazendário, às 21h. A promoção é da Associação dos Obidenses Residentes em Manaus (Adorm).

Veja também

Instituto que gere unidades estaduais de saúde é alvo de operação da Polícia Federal. Médico preso n... A única UPA de Manaus, no bairro Campos Sales, é gerida pelo instituto alvo da operação Maus CaminhosO Instituto Novos Caminhos (INC), responsável pela gestão de unidades de saúde para o Governo do Amazonas, em Manaus e Tabatinga, é o alvo da Operação Maus Caminhos, da ...
Desvio da saúde no Amazonas comprou mansões, carrões e até avião a jato e helicóptero, diz a PF... Funcionários da CGU e da PF se mobilizaram desde muito cedo para cumprir os mandados da Operação Maus Caminhos. Foto: Charles FernandesO Instituto Novos Caminhos, investigado na Operação Maus Caminhos, recebeu R$ 220 milhões para gerir quatro unidades de saúde do Govern...
Jorge Teixeira é alvo de operação para coibir tráfico de drogas A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) iniciou, na segunda-feira (19/09), uma operação para coibir o tráfico de drogas no bairro Jorge Teixeira, zona Leste. Coordenada pela Secretaria Executiva-Adjunta de Operações Integradas (Seaop), a operação antecede ...
Seis de 10 vetos do governo são derrubados em votação na Assembleia Legislativa Na pauta de votação constavam 17 matérias, sendo dez vetos do Governo do Estado. Foto: Aleam/DivulgaçãoCom uma pauta onde constavam 17 matérias – sendo dez vetos do Governo do Estado a matérias aprovadas em plenário no final do ano passado e sete Projetos de Lei de auto...
Moradores denunciam comércios irregulares no condomínio Cidade Jardim Comércios de estivas funcionam no conjunto residencial. Foto: DivulgaçãoMoradores do condomínio residencial Cidade Jardim, localizado na avenida Constantino Nery, bairro Chapada, zona centro-sul de Manaus, denunciam que no local funcionam diversos estabelecimentos comer...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook