Operação Maus Caminhos evitou prisões de possíveis envolvidos que tinham foro privilegiado. Eles podem ir para a segunda fase

maus-caminhos-indaga

Operação Maus Momentos ainda não acabou.

Possíveis envolvidos no desvio de recursos do sistema de saúde do Governo do Amazonas e que têm foro privilegiado foram “contornados” na Operação Maus Caminhos. Procuradores do Ministério Público Federal (MPF) e delegados da Polícia Federal decidiram resolver tudo na primeira instância, a Justiça Federal do Amazonas, para estancar o derrame de dinheiro no Instituto Novos Caminhos. Não está descartado que ocupantes de cargos com foro privilegiado sejam alvo de uma nova fase da operação, ainda sob investigação. Secretários estaduais, por exemplo, só podem ser presos, no âmbito da Justiça estadual, com autorização de desembargador. No que se refere à Justiça Federal, com ordem judicial oriunda do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), que tem sede em Brasília.

 

Jato

O jatinho apreendido na Operação Maus Caminhos não pertence a Mohamad Moustafa. O médico, boquirroto, gostava de gabar-se da propriedade do avião, mas o alugava da empresa Rico Táxi Aéreo. A propriedade mesmo é de um empresário local, que deixa o jato na Rico para locação.

 

Envelope com R$ 40 mil para Moustafa

Uma das provas recolhidas pelos policiais que executaram os mandados de prisões, buscas e apreensões foi um envelope amarelo. Ele continha R$ 40 mil e em cima estava escrito: Mohamad.

 

Silêncio

O médico Mohamad Moustafa manteve silêncio durante o interrogatório a que foi submetido na PF. Os delegados, porém, acham que o inquérito tem provas suficientes para dispensar uma confissão dele.

 

Braga em Parintins

O senador e ex-ministro das Minas e Energia, Eduardo Braga, mergulhou na eleição de Parintins, em apoio à candidata do PMDB, Márcia Baranda. Tenta reverter a vantagem do deputado estadual e ex-prefeito Bi Garcia, do PSDB.

 

Vacinação

A campanha de vacinação deste sábado (24/09), reunindo todas as vacinas disponíveis no sistema público de saúde, é excelente iniciativa do Governo Federal, com apoio de Estados e Municípios. Deveria ser permanente.

 

Alex Atala de volta

alex-paulo-fish

Alex Atala, com o chef Paulo Fortunato, pegou um bronze nos lagos do Alto Rio Negro

O sol moreno do Amazonas queimou a tez do chef Alex Atala. Ele voltou ao Fish Maria, do chef amazonense Paulo Fortunato, para saborear iguarias regionais e dar um abraço. Estava bem mais bronzeado, após pescar tucunarés na Região do Alto Rio Negro.

 

Família Gracie

Até domingo, os mais jovens e expressivos representantes da família Gracie, dos patriarcas do jiu-jítsu brasileiro, Carlos e Hélio Gracie, estarão em Manaus. Vêm para o Gracie Experience, com seminários de Ralph e Renzo Gracie e campeonato de jiu-jítsu.

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook