Dois ex-governadores são presos pela Operação Lava Jato e todos se perguntam quando chegará a hora do Amazonas

Antony Garotinho e Sérgio Cabral Filho, ex-governadores do Rio de Janeiro, acabam de ser presos. Cabral surpreendido na Operação Lava Jato, que apura corrupção na administração brasileira, Garotinho em crime eleitoral. A pergunta é, depois de tantas notícias que envolvem políticos estaduais, quando chegará a vez do Amazonas?

A força tarefa que o Ministério Público Federal (MPF) formou para atuar na Lava Jato tem um representante que conhece bem a realidade amazonense. Trata-se do procurador da República Athayde Ribeiro Costa, que já ocupou a chefia do MPF-AM. Trata-se de funcionário público experiente e que certamente saberá encontrar o time certo para agir.

A enorme expectativa de que a Lava Jato resolva todos os problemas é, provavelmente, o único senão dessa gigantesca operação. Há alguns políticos estaduais cujos nomes são praticamente unânimes, no que diz respeito à prisão, e, contraditoriamente, estão entre os de melhor desempenho eleitoral.

Por que Adail Pinheiro passou tanto tempo preso – e ainda está em prisão, embora domiciliar -, mas conseguiu eleger o filho prefeito de Coari?

Há um ditado português que diz “se alguém não tem cabras e vende cabritos alguma coisa está errada”. Há inúmeros políticos conhecidos do Estado que nunca tiveram negócios, outros que faliram o pouco que empreenderam ou estavam falidos até assumir mandato, mas andam por aí posando de magnatas.

O juiz Sérgio Moro está a um passo de prender Lula e, pelo que tudo indica, só ainda não o fez porque sabe que a opinião pública pode reagir de forma contrária. Marqueteiros defendem que o ex-presidente se deixe imolar e, na prisão, manobre para se tornar uma espécie de “Nélson Mandela brasileiro”.

Essas coisas não se resolvem num passe de mágica. Mexer com a mentalidade de uma Nação é tarefa de Hércules. Mas, como diz o ditado chinês, qualquer caminhada, por mais longa que seja, começa pelo primeiro passo.

Prisões de políticos amazonenses, se vierem, que venham com o respaldo absoluto da lei. Ou o establishment local encontrará um caminho para manter os privilégios e o poder. Da mesma forma que estão fazendo os donos da política nacional.

O Brasil só melhora a partir do povo. E da força que dele emana.

6 comentários para “Dois ex-governadores são presos pela Operação Lava Jato e todos se perguntam quando chegará a hora do Amazonas

  1. Augusto Bernardo disse:

    Excelente comentário e bela reflexão. O péssimo exemplo do caos implantado no Rio de Janeiro e diversos Estados saqueados demonstram claramente a falta de comprometimento e de responsabilidade dos governantes para com o povo. Infelizmente muita gente ainda vota sem consciência e responsabilidade, e sequer se apoderam do controle social.

  2. Alexis Uchôa disse:

    A Política precisa mas rápido possível de ser passado a limpo, O Brasil esta nessa situação crítica financeira pela essa velha forma de se fazer política, acredito que muitos desses que estão com a “Barbra de Molho”.Vão repensar o seu jeito de fazer política neste Brasil, Ass: Alexis Uchôa.

  3. L MENEZES disse:

    Mas é logico, se a justiça de verdade entrar por aqui nessa terra governada pela turma do mau menino desde 1982,, haverá uma necessidade urgente da compra de uma grande quantidade de algemas, por aqui não é diferente do resto do país, todos os estados e municípios são saqueados pelas quadrilhas que se perpetuam no poder, é o sistema, foi feito pra funcionar assim mesmo, quem não mete a mão é considerado otário; só mudará um dia se o povo não tolerá mais essa ladroagem toda, o grande problema é que a massa que elege esses canalhas não ta nem aí pra nada, sendo assim o barco continua a singrar os rios da corrupção, ou melhor, sangrar os nossos bolsos já furados de tanto meterem a mão.
    abs.

  4. L MENEZES disse:

    O povo tinha que fazer com esses ratos, o que fizeram com Benito Mussollini na Italia, pegaram o cabra e penduraram de cabeça pra baixo num posto de gasolina, é evidente que antes anteciparam a ida do meliante pros quintos dos infernos, se fizessem isso só com um corrupto, queria ver se as coisas não iam melhorar.

  5. L MENEZES disse:

    O Brasil inteiro tem q fazer pressão pra que seja aprovado que corrupção seja crime hediondo, já que infelizmente não tem como aprovar a cadeira elétrica pra esse criminosos, que fazem que todos os dias, morram dezenas de brasileiros, vitimas da falta de remédios, falta de atendimentos em hospitais, falta de saneamento básico, falta de leitos em UTI´s, vitima da falta de segurança etc, tudo por conta dos desvios das verbas que são destinadas para esses fins e que esses bandidos mandam pras contas secretas nos paraisos fiscais, merecem ou não merecem a pena capital ? Não tem perdão.

  6. marco aurelio disse:

    TAI O GEDEL JADEU FOI . O PROXIMO SEM SERVENTIA … VAMOS CONFERIR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *