Gestor tem contas reprovadas por não comprovação de despesas de passagens aéreas

O colegiado do Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM) desaprovou,na sessão desta terça-feira (29), a prestação de contas do presidente da Câmara Municipal de Lábrea, Adalfrank Teixeira da Silva, do exercício de 2014. Segundo o relator do processo, conselheiro Julio Cabral, a não aprovação foi embasada em irregularidades como a não comprovação de despesas com passagens aéreas e com locomoção; aquisição de material de informática por valor superior ao orçado durante o procedimento licitatório; e ausência de Projeto Básico aprovado pela autoridade competente. Entre multa e glosas, o valor a ser devolvido aos cofres públicos é superior a R$ 21 mil.

Os ex-presidentes das Câmaras municipais de Anori, Sansuray Pereira  Xavier,  e de Tefé, João Paulo Rodrigues Nascimento, também tiveram as prestações julgadas durante a 41ª Sessão. A decisão foi pela regularidade com ressalvas. A ex-presidente da Câmara de Anori recebeu multas que chegam a R$ 20 mil, por conta de impropriedades como a inobservância dos prazos regulamentares para remessa ao Tribunal, por meio informatizado dos registros analíticos, nos meses de janeiro a dezembro/2012. Já o ex-presidente da Câmara de Tefé recebeu multa de R$ 4 mil, por conta da ausência de carta-contrato na dispensa de licitação n° 01/2013, referente à aquisição de combustível e óleo lubrificante.

Ainda foram julgadas regulares com ressalvas as prestações de contas do diretor-presidente da Agência Reguladora dos Serviços Públicos Concedidos do Amazonas (Arsam), Fábio Augusto Alho da Costa, exercício de 2012, com aplicação de multa de R$ 6 mil; da secretária executiva do Fundo Estadual de Assistência Social (Feas), exercício 2011, Maria das Graças Soares Prola, com aplicação de multa de R$ 2 mil; da diretora do Centro Psiquiátrico Eduardo Ribeiro, exercício de 2012, Maria Ivone de Oliveira, com multa de R$ 2 mil; do responsável pela Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas-ADAF, exercício 2014, Sérgio Rocha Muniz, sem aplicação de multa; e dos gestores do Fundo Estadual do Meio Ambiente (Fema), exercício de 2015, Kamila  Botelho  do  Amaral  e Antônio Ademir  Stroski.

As contas são julgadas regulares com ressalvas quando evidenciam impropriedade ou qualquer outra falta de natureza formal, mas que não resulte em dano ao erário.

 

Veja também

Unidades prisionais do Amazonas recebem livros doados pelo MEC Uma iniciativa do Ministério da Educação (MEC) proporcionou a entrega, nesta semana, de 974 livros para a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) realizar a distribuição em duas unidades prisionais da capital amazonense. A doação aconteceu através de u...
Governo do Amazonas vai promover reordenamento das Unidades de Conservação O 1º Encontro de Gestores de Unidades de Conservação foi realizado no Hotel Express Vieiralves. Foto: DivulgaçãoPromover um reordenamento das 43 Unidades de Conservação (UCs) no interior, de acordo com a nova diretriz do governo Amazonino Mendes. Essa é a proposta tirad...
Frevo e diversão livres para todas as idades no Carnaidoso 2018 A animação do Carnaval já começou com as bandas e blocos de rua tomando conta da cidade. E a festa mais tradicional do povo brasileiro mexe com pessoas de todas as idades. “Quem disse que só os jovens podem aproveitar a época mais festiva do ano? A terceira idade também ...
Cema inicia programa piloto para entrega de medicamentos especiais em casa Uma das pessoas que já está recebendo o seu medicamento em casa é a dona de casa Maria Dilaneide Alves da Silva. Foto: Lúcio Pereira/Susam.A Central de Medicamentos do Amazonas (Cema), vinculada à Secretaria de Estado de Saúde (Susam), deu início, nesta semana, ao pilot...
UFAM abre inscrições para novas turmas do Programa ‘Idoso Feliz’ No período de 22 a 25 de janeiro o Programa 'Idoso Feliz Participa Sempre- Universidade na 3ª Idade Adulta' abre matrículas para novas turmas. As atividades para este semestre são: Musculação Gerontológica, Caminhada, Gerontovoleibol, Natação, Dança Gerontológica, Ginást...

Um comentário para “Gestor tem contas reprovadas por não comprovação de despesas de passagens aéreas

  1. Raphael Alves do Amaral disse:

    Com simples documentos, desde que hábeis, já seria suficiente para comprovação das despesas. Total falta de controle em nossos governos!!!

    sds.,
    Raphael Alves do Amaral

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook