Juíza denuncia Carbrás por desobedecer ordem de pagar 13º Salário  e Socorro Guedes, plantonista do TJAM, pode mandar prendê-lo

carbras-bi

Alexandre da Carbrás (direita) se elegeu com pesadas críticas ao antecessor, Bi Garcia (esquerda), que agora vai sucedê-lo com a bola na marca do pênalti para marcar um golaço, pagando os salários dos servidores de Parintins

O prefeito de Parintins, Alexandre da Carbrás, está fazendo um final de gestão desastroso. Funcionários municipais, com salários atrasados, estão em pé de guerra. O juiz André Luíz Nogueira Borges de Campos bloqueou todas as contas da Prefeitura, a pedido da promotora Caroline Monteiro, até que fosse pago o 13º Salário. Mas Carbrás não obedeceu e outras decisões se seguiram. A juíza substituta, Eline Paixão e Silva Gurgel do Amaral Pinto, comunicou o crime de desobediência civil ao Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), o foro privilegiado dos prefeitos amazonenses, e o plantão judicial da 2ª instância pode decretar a prisão de Carbrás a qualquer momento.

 

Socorro Guedes decide

A plantonista do TJAM, sexta (30/12) e sábado (31/12), é a  desembargadora Socorro Guedes. Que pode decretar a prisão de Carbrás a qualquer momento.

 

Correu pro Banco do Brasil

Alexandre da Carbrás, ao saber que poderia ser preso, correu para a agência do Banco do Brasil de Parintins, nesta sexta (30/12), para tentar transferir dinheiro para o Bradesco, onde o funcionalismo parintinense recebe. Mas esbarrou no feriado bancário. “O prefeito podia, a qualquer momento, obter a liberação de recursos para pagar fornecedores, desde que apresentasse comprovantes, mas pediu apenas a liberação total do dinheiro”, explicou a promotora Caroline Monteiro, ao portal.

 

Promotora pede ajuda

Caroline Monteiro, em entrevista coletiva, pediu ajuda dos funcionários da Prefeitura de Parintins. “Até agora só temos comprovação do atraso no 13º. Os funcionários é que podem nos ajudar trazendo comprovantes de outros atrasos”, explicou. Ela ressalta que o pedido de atenção especial à transição municipal, feito pelo MPE-AM, foi que permitiu descobrir a situação dos funcionários de Parintins.

 

Prefeito preso

O prefeito de São Gonzalo, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, Neilton Mulim, foi preso por desobedecer ordem judicial que bloqueou contas para pagamento de folha. Igualzinho ao que acontece em Parintins.

 

Chances pequenas

O meio jurídico amazonense, porém, ouvido pelo portal, não acredita que Socorro Guedes decrete a prisão do prefeito de Parintins. Desobediência civil, segundo os especialistas, é “crime de menor potencial”. Renan Calheiros está fazendo escola.

 

Tolice

Carbrás está sendo tolo. Bastaria que pagasse o 13º e o bloqueio das contas da Prefeitura cairia de imediato. Como as coisas estão, todo o dinheiro que cai nos bancos é automaticamente bloqueado, como ocorreu com o percentual do repatriamento promovido pelo Governo Federal.

 

Bi Garcia paga

O prefeito Bi Garcia vai receber uma bola colocada na marca do pênalti. Assume domingo (01/01) com dinheiro em caixa e revelou, para o portal, que terça-feira (03/01) o 13º Salário estará pago. “Não sei qual o montante bloqueado, mas, se der, pago também o salário de dezembro”, enfatiza.

 

Queima-queima

jutai-prefeita

Casa da prefeita de Jutaí, Marlene Gonçalves, foi queimada pela população

Prefeitos que estão saindo sem pagar funcionários e fornecedores estão sendo alvo de reação violenta da população. A prefeita de Jutaí, Marlene Gonçalves, teve a casa incendiada pela horda enfurecida. Em Coari, onde a casa do ex-prefeito Igsson Monteiro foi também incendiada, em 2015, o prefeito atual, Raimundo Magalhães, foi alvo de ruidosos protestos esta semana. O povo está perdendo a passividade e o panavueiro cresce.

 

Ministério Público escolhe desembargador

O Ministério Público Estadual do Amazonas (MPE-AM) está com tudo pronto para escolher a lista sêxtupla de candidatos à vaga de desembargador que cabe à instituição. A eleição será dia 23/02. Fábio Monteiro, procurador-geral licenciado, e Francisco Cruz, ex-procurador-geral, são os dois principais concorrentes.

 

José Roque fora

José Roque Marques, atual corregedor e um dos nomes mais fortes do MPE-AM, resolveu não concorrer à vaga de desembargador. Torna-se, assim, o candidato de maior peso à vaga de procurador-geral.

 

Processo

O processo de escolha do nome do Ministério Público. para a vaga de desembargador pelo 5º constitucional, tem um rito claro. Os integrantes do MPE-AM, procuradores e promotores de Justiça, elegem a lista sêxtupla e a submetem ao TJAM. Os desembargadores tiram três dos seis e enviam a lista tríplice ao governador do Estado. É ele quem ungirá o ocupante da vaga.

 

Airton Gentil ou Elci Simões antes

O TJAM, antes de abrir vaga para o MPE-AM, ainda vai preencher a segunda nova vaga de desembargador. A primeira foi preenchida por antiguidade e coube a Jomar Fernandes, já empossado. A segunda, a ser preenchida por merecimento, está sendo disputada pelos juízes Airton Gentil e Elci Simões. Gentil é favorito, mas Elci conta com a ajuda de peso do irmão, o desembargador Yedo Simões, presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM).

 

Wilker vence com PR de Marcelo Ramos

A chapa reunida pelo presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), Wilker Barreto, para buscar a reeleição na presidência, tem curiosidades. O vereador Fred Mota, do PR, partido do candidato derrotado à Prefeitura de Manaus, Marcelo Ramos, será o 3º vice-presidente. O ouvidor, Everton Assis, é do DEM, que também apoiou Ramos. Wilker calcula que será reeleito com 33 dos 41 votos da Casa. A chapa divergente é comandada pelo vereador Marco Antonio Chico Preto, que volta à CMM.

 

Chapa

Confira a chapa completa, que deve ser eleita neste domingo (01/01), após a posse do prefeito Arthur Virgílio, do vice Marcos Rotta e dos vereadores, às 16h, no Teatro Amazonas:

Presidente – Wilker Barreto (PHS)

Vice-presidente – Felipe Souza (PTN)

2º vice-presidente – Reizo Castelo Branco (PTB)

3º vice-presidente – Fred Mota (PR)

Secretária-geral – Glória Carrate (PRP)

1º secretário – Missionário André (PTC)

2º secretário – Isaac Tayah (PSDC)

3º secretário – Carlos Portta (PSB)

Ouvidor – Everton Assis (DEM)

Corregedor – Diego Afonso (PDT)

Líder – Marcel Alexandre (PMDB)

 

Vem aí, novo corte de José Melo

O governador José Melo quer fazer uma sutil mudança no calendário de pagamentos do Estado. O limite de pagamento será o 5º dia útil do mês seguinte e não mais o último dia útil do mês vigente. O pacote é salgado. Melo já tirou os R$ 220 do vale-alimentação e quer aumentar de 11% para 14% o desconto previdenciário do funcionalismo. É um pacote de maldades. A reação está de pé.

Veja também

Ortopedistas confirmam enfrentamento e anunciam ações em hospitais a partir deste sábado (25/11) Rafael Benoliel, presidente do ITO-AM, levanta troféu durante recente congresso da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT) em Manaus. Entre ele e o médico Francisco Brandão, o presidente da SBOT-AM, Paulo Su. Ortopedistas querem "resgatar dignidade"Os o...
Amazonino efetiva Paula Kanzler no comando da Secretaria de Estado de Política Fundiária Paula Kanzler assume a pasta antes ocupada por Diego Afonso. Foto: ReproduçãoFoi publicada no Diário Oficial do Amazonas, edição de 17/11, a nomeação de Paula Andrea Kanzler Soares como titular da Secretaria de Estado de Política Fundiária (SPF). O Portal do Marcos Sant...
Governo fecha acordo com 17 cooperativas médicas, isola ITO-AM e médicos alfinetam gestão David Alme... Médicos e enfermeiros aceitaram parcelamento dos salários, que estão atrasados entre um e cinco mesesO Governo do Amazonas, em reunião realizada na tarde desta sexta (24/11), firmou acordo salarial com 17 cooperativas médicas. Vai pagar outubro, "o mês da atual gestão",...
Marinha chega ao naufrágio do barco Tanaka e constata que há dois desaparecidos. Buscas começam O barco Tanaka Neto IV virou com 102 passageiros a bordo. Fotos: Divulgação CMA A Marinha do Brasil, por intermédio do Comando do 9° Distrito Naval, informa que dois passageiros que estavam no barco Tanaka Neto IV estão desaparecidos. A embarcação virou  na manhã desta sex...
Em Coari, 8 menores são apreendidos durante operação, além de 10 armas, R$ 14 mil em espécie e até p... Dez armas, drogas, R$ 14 mil em espécie, além de animais silvestres, foram apreendidos durante a operação deflagrada nesta sexta-feira. Um dos suspeitos do assassinato de um mototaxista também foi detido. Foto: Divulgação SSP-AMA Operação Interior Seguro, desencadeada n...

Um comentário para “Juíza denuncia Carbrás por desobedecer ordem de pagar 13º Salário  e Socorro Guedes, plantonista do TJAM, pode mandar prendê-lo

  1. Alexis Uchôa disse:

    Acredito em uma grande mudança nessas alianças partidárias que foram formadas nesta campanha de 2016, cada um procurando um espaço para poder desenvolver um bom mandato de vereador, mas para isso precisam de um apoio do prefeito se não vão passar pela essa legislatura em branco, Ass:Alexis Uchôa. FELIZ ANO NOVO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook