Rebelião na Vidal Pessoa termina com quatro mortos. Três foram decapitados

pm-vidal

Batalhão de Choque da PM foi acionado para conter a rebelião.

Quatro presos foram mortos na madrugada deste domingo (08/01), na Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro. Três presos foram decapitados e um asfixiado pelos outros internos.

Segundo o Comitê de Gerenciamento de Crise, os internos iniciaram uma briga por motivo desconhecido, que resultou na morte dos presos. A rebelião teria começado por volta de 2h30, o Batalhão de Choque da Polícia Militar foi acionado e o motim foi controlado por volta das 3h30. A situação neste momento é considerada estável e com policiamento reforçado pelo Batalhão de Choque.  A Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) e a PM estão realizando nova contagem dos presos da Cadeia Pública. As mortes serão investigadas.

A Seap informou que um dos presos da Cadeia Pública foi encaminhado para um pronto-socorro com ferimento no abdômen, passou por cirurgia e esta na enfermaria, com quadro clínico estável. À tarde, ele foi identificado como Douglas Costa Mesquita, 27 anos.

Na Cadeia Pública estão cerca de 280 presos transferidos de unidades prisionais do Estado, após a mortes ocorridas no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) e na Unidade Prisional do Puraquequara (UPP). A medida foi tomada para garantir a vida dos presos ligados à facção Primeiro Comando da Capital (PCC), ameaçados por membros da Família do Norte (FDN), e também para evitar novos confrontos nos presídios.

Fontes do portal afirmam que pode ter ocorrido falha na triagem dos presos transferidos da UPP e do Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat), que incluiu no grupo membros da FDN.

Na sexta-feira, os presos provocaram um tumulto na cadeia, exigindo banho de sol e visita dos familiares. Após negociação entre os presos e os representantes da Secretaria de Segurança Pública (SSP) e Seap, a situação foi controlada.

vidal-pessoa-motim

Rebelião começou por volta das 2h30 e só foi controlada uma hora depois.

vidal-pessoa-rebeliao

Familiares dos detentos protestaram por falta de informações.

Protesto

Em frente à cadeia, dezenas de familiares aguardavam notícias sobre seus parentes presos. Eles protestaram por falta de informações e por ainda não ter sido divulgado os nomes dos mortos.

Veja vídeo:

Veja também

Azul desmente no Twitter notícia sobre queda de avião com 80 passageiros #fakenews A Azul Linhas Aéreas desmentiu um boato fortemente disseminado em grupos de WhatsApp e FaceBook esta noite (21/02). Um avião da empresa, partindo de Belém a caminho de Cuiabá (MT), teria caído com 80 passageiros. "Informamos que nossas operações seguem normalmente, sem incid...
Luiz Castro reforça denúncia contra empresas terceirizadas da área de Saúde O deputado Luiz Castro disse que há servidores sem receber salários há quatro meses. Foto:O deputado Luiz Castro (Rede) voltou a denunciar nesta quarta-feira (21) as empresas contratadas pelo Governo do Estado para prestar serviços aos hospitais de Manaus e que atrasam ...
Seis de 10 vetos do governo são derrubados em votação na Assembleia Legislativa Na pauta de votação constavam 17 matérias, sendo dez vetos do Governo do Estado. Foto: Aleam/DivulgaçãoCom uma pauta onde constavam 17 matérias – sendo dez vetos do Governo do Estado a matérias aprovadas em plenário no final do ano passado e sete Projetos de Lei de auto...
Moradores denunciam comércios irregulares no condomínio Cidade Jardim Comércios de estivas funcionam no conjunto residencial. Foto: DivulgaçãoMoradores do condomínio residencial Cidade Jardim, localizado na avenida Constantino Nery, bairro Chapada, zona centro-sul de Manaus, denunciam que no local funcionam diversos estabelecimentos comer...
Embrapa oferece cursos gratuitos de produção de banana e cultivo de tambaqui A Embrapa Amazônia Ocidental oferece dois cursos gratuitos durante o mês de março. Foto: DivulgaçãoCom o objetivo de capacitar tecnicamente produtores e técnicos de Assistência e Extensão Rural (Ater), a Embrapa Amazônia Ocidental oferece dois cursos gratuitos durante o...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook