Reinstaladas placas de identificação em área verde do Loteamento Águas Claras

placas-sinalizacao

A Prefeitura de Manaus reinstalou na manhã desta terça-feira, 10, duas das cinco placas de identificação que serão utilizadas para demarcar a área verde situada entre as ruas Jabuticatuba, antiga D5, D11, D6 e Arterial, no Loteamento Nascentes das Águas Claras, no Novo Aleixo, zona Norte. A área vem sendo alvo da ação de invasores que, no último dia 30/12 arrancaram e levaram outras quatro placas existentes no local.

A instalação foi acompanhada pelos moradores do loteamento, que defendem a preservação do espaço verde, e futuramente pretendem ver o espaço beneficiado com a implementação de intervenções que aumentem a proteção da área.

O trabalho foi realizado por equipes do Departamento de Gestão Territorial e Ambiental (DGTA) e da Divisão de Educação Ambiental da Semmas. Desta vez, as placas são do tipo tubulares (mais resistentes), feitas em chapa galvanizada com metalon nas laterais, e foram concretadas na base.

O mestre-de-obra Rubem Leão, 61, morador da Rua D5, aplaudiu a iniciativa. Segundo ele, as placas são fundamentais para demarcação da área verde e inibem a ação de quem pretende invadir. Outra moradora, Cláudia Alves de Lima, 34, diz que a comunidade espera poder contar sempre com a área verde conservada. “Aqui temos o privilégio de conviver com a sombra das árvores e animais como araras, tucanos, cotias e até preguiças. Por isso estamos na frente dessa mobilização e apoiando a prefeitura na preservação desta área”, afirmou.

A área verde tem, no total, 6.450 metros quadrados e é uma das 17 áreas verdes existentes no loteamento (algumas já ocupadas irregularmente). Em 2016, o loteamento teve duas áreas verdes situadas na Avenida Raimundo Salgado, antiga Arterial, recuperadas por meio de medidas compensatórias firmadas pela Semmas. Elas receberam intervenções, com a instalação de equipamentos urbanos e plantio de mudas, que reforçaram a sua proteção.

Segundo o chefe da DIEA, Raimundo Araújo, uma reunião será marcada com os moradores da comunidade para apresentar propostas que fortaleçam a integração da comunidade e a área verde. “Os moradores estão vigilantes e satisfeitos com as respostas dadas pela Prefeitura de Manaus, em tempo hábil e impedindo a ação de possíveis invasores”, salientou.

 

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook