Em Situação de Emergência por conta da enchente, Ipixuna começa a receber ajuda humanitária

Em Ipixuna são 1.651 famílias impactadas pela enchente. Foto: Divulgação

A Defesa Civil do Amazonas deu início, nesta terça-feira (21/03), a distribuição de oito toneladas de ajuda humanitária no município de Ipixuna, na calha do Juruá, que está em Situação de Emergência por conta da enchente.

“Já atendemos Guajará e agora começamos o atendimento humanitário em Ipixuna. A determinação do governador José Melo é garantir a saúde e proteção alimentar das famílias afetadas pela enchente”, enfatizou o Secretário Executivo da Defesa Civil AM, coronel Fernando Pires Júnior.

Em Ipixuna são 1.651 famílias impactadas pela enchente, que começaram a receber cestas básicas, kit´s medicamentos (antibióticos, vitaminas, sais de hidratação, analgésico), kit´s dormitório (lençol, mosquiteiro, rede), kit´s de higiene pessoal e hipoclorito de sódio, para purificação da água.

Os próximos municípios beneficiados serão Guajará (segunda fase de atendimento), Eirunepé e Itamarati.

Os municípios localizados na calha o Juruá (Juruá, Carauari e Envira), no Alto Solimões (Tabatinga, Benjamin Constant, São Paulo de Olivença, Amaturá, Santo Antônio do Iça, Tonantins e Atalaia do Norte), continuam em “Alerta”, estágio que antecede a Situação de Emergência.

Em “Atenção” permanecem os municípios que compõem a calha do Baixo Amazonas (Parintins, Barreirinha, São Sebastião do Uatumã, Nhamundá, Urucará, Boa Vista do Ramos, Maués).

 

BALANÇO DA ENCHENTE / 2017

*SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA

1 – Guajará (calha do Juruá)

2 – Ipixuna (calha do Juruá)

3- Eirunepé (calha do Juruá)

4 – Itamarati (calha do Juruá)

 

Famílias afetadas: 5.970

 

*SITUAÇÃO DE ALERTA

1 – Juruá (calha do Juruá)

2 – Carauari (calha do Juruá)

3 – Envira(calha do Juruá)

4 -Tabatinga (calha do Solimões)

5- Benjamin Contant (calha do Solimões)

6- São Paulo de Olivença (calha do Solimões)

7- Amaturá (calha do Solimões)

8- Santo Antônio do Iça (calha do Solimões)

9- Tonantins (calha do Solimões)

10- Atalaia do Norte (calha do Solimões)

 

*SITUAÇÃO DE ATENÇÃO 

1- Parintins ( calha do Baixo Amazonas)

2- Barreirinha ( calha do Baixo Amazonas)

3- São Sebastião do Uatumã ( calha do Baixo Amazonas)

4- Nhamundá ( calha do Baixo Amazonas)

5- Urucará ( calha do Baixo Amazonas)

6- Boa Vista do Ramos ( calha do Baixo Amazonas)

7- Maués ( calha do Baixo Amazonas)

 

 

Veja também

Ortopedistas confirmam enfrentamento e anunciam ações em hospitais a partir deste sábado (25/11) Rafael Benoliel, presidente do ITO-AM, levanta troféu durante recente congresso da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT) em Manaus. Entre ele e o médico Francisco Brandão, o presidente da SBOT-AM, Paulo Su. Ortopedistas querem "resgatar dignidade"Os o...
Amazonino efetiva Paula Kanzler no comando da Secretaria de Estado de Política Fundiária Paula Kanzler assume a pasta antes ocupada por Diego Afonso. Foto: ReproduçãoFoi publicada no Diário Oficial do Amazonas, edição de 17/11, a nomeação de Paula Andrea Kanzler Soares como titular da Secretaria de Estado de Política Fundiária (SPF). O Portal do Marcos Sant...
Governo fecha acordo com 17 cooperativas médicas, isola ITO-AM e médicos alfinetam gestão David Alme... Médicos e enfermeiros aceitaram parcelamento dos salários, que estão atrasados entre um e cinco mesesO Governo do Amazonas, em reunião realizada na tarde desta sexta (24/11), firmou acordo salarial com 17 cooperativas médicas. Vai pagar outubro, "o mês da atual gestão",...
Marinha chega ao naufrágio do barco Tanaka e constata que há dois desaparecidos. Buscas começam O barco Tanaka Neto IV virou com 102 passageiros a bordo. Fotos: Divulgação CMA A Marinha do Brasil, por intermédio do Comando do 9° Distrito Naval, informa que dois passageiros que estavam no barco Tanaka Neto IV estão desaparecidos. A embarcação virou  na manhã desta sex...
Barco adernou após bater em pedra com 102 passageiros a bordo Barco adernou, após sair de São Gabriel da CachoeiraAo deixar São Gabriel da Cachoeira, a embarcação Tanaka IV bateu em uma pedra e virou. O Município fica a 856 quilômetros de Manaus. O barco adernou quando estava a caminho da capital, na manhã desta sexta-feira (24/11...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook