Cheia: Governo do Amazonas e Ministério da Integração Nacional entregam mais de 360 mil kits para a calha do Juruá

Os kits serão enviados a Guajará, Ipixuna, Eirunepé e Itamarati, municípios da calha do rio Juruá. Foto: Valdo Leão/Secom/Divulgação

O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, e o governador do Amazonas, José Melo, realizaram na manhã desta terça-feira (28/03), a entrega de 360.472 mil kits de ajuda humanitária, que serão enviados a Guajará, Ipixuna, Eirunepé e Itamarati, na calha do rio Juruá, municípios que se encontram em Situação de Emergência por conta da enchente.

São cerca de 500 toneladas de material, entre cestas básicas, kits medicamentos (antibióticos, vitaminas, sais de hidratação, analgésicos), kits dormitório (lençol, mosquiteiro,rede), kits de higiene pessoal, galões de água potável, hipoclorito de sódio, entre outros, que vão beneficiar 5.970 famílias – aproximadamente 23 mil pessoas – nos quatro municípios. A entrega aconteceu no Estaleiro Juruá, à margem direita do rio Negro, no Distrito do Cacau Pirêra, em Iranduba, de onde a ajuda humanitária partirá em embarcações para os municípios de destino.

A medida reforça a parceria articulada pelo Governo do Amazonas com o Ministério da Integração Nacional para socorrer os afetados pela enchente no Amazonas. O investimento do Governo Federal é de R$ 9,6 milhões e consiste na compra de material e no apoio logístico. O Governo do Amazonas, que já enviou numa primeira fase 20 toneladas de kits de ajuda humanitária para Guajará (12 mil toneladas) e Ipixuna (8 mil), está mandando agora equipamentos para ajudar as equipes de saúde dos municípios e fazer a prevenção de doenças de veiculação hídrica e transmitidas por mosquitos, além  de 10 mil unidades de hipoclorito de sódio.

“Essa é mais uma iniciativa em que o nosso Estado é atendido pelo Governo Federal que providenciou essa ajuda para a nossa Defesa Civil para beneficiar milhares de amazonenses que hoje sofrem com a enchente. Além dos itens enviados hoje, que vão garantir um pouco mais de conforto e saúde para essas pessoas, nós já estamos atuando em diversos outros municípios, inclusive com o monitoramento”, explicou o governador José Melo, ao ressaltar o trabalho que vem sendo feito pela Defesa Civil do Estado no monitoramento e no atendimento direto aos ribeirinhos.

De acordo com o ministro Helder Barbalho, o apoio federal é complementar às ações desenvolvidas pelo Estado e municípios. O ministro também garantiu apoio logístico para as ações da Defesa Civil. “Já autorizamos o repasse de R$ 523 mil para assegurar a logística dos itens entregues hoje. Esse aporte financeiro possibilitou o aluguel de uma balsa, lanchas, barcos e caminhões para garantir que os kits sejam entregues o mais rápido possível”, afirmou.

O Secretário Executivo da Defesa Civil AM, coronel Fernando Pires Júnior, disse que a quantidade de itens enviados é suficiente para a primeira fase da operação de apoio, mas que mais ajuda poderá ser necessária. “Caso exista a necessidade de enviarmos mais itens de ajuda humanitária, nós, por meio do Governo do Estado, que monitoramos de perto a aplicação e a necessidade desses recursos, com certeza acionaremos o ministério, que tem sido um grande parceiro”, completou.

Saúde

A garantia da saúde nos municípios afetados também é uma prioridade, por isso, o Governo do Amazonas, por meio da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), enviou diversos equipamentos de combate a mosquitos e purificação de água. Para o município de Eirunepé foram enviados 01 pulverizador (equipamento utilizado para dispensação de inseticida no combate a endemias), 02 escadas e 04 microscópios. Em Guajará, serão distribuídos 02 pulverizadores e 02 escadas. Ipixuna receberá 02 microscópios e 02 termonebulizadores. Itamarati será contemplada com 02 pulverizadores. A FVS disponibilizou ainda, 10 mil unidades de hipoclorito de sódio para a purificação da água, que deverão ser distribuídos nos quatro municípios em Emergência.

 

BALANÇO DA ENCHENTE / 2017

*SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA

1 – Guajará (calha do Juruá)

2 – Ipixuna (calha do Juruá)

3- Eirunepé (calha do Juruá)

4 – Itamarati (calha do Juruá)

Famílias afetadas: 5.970

 

*SITUAÇÃO DE ALERTA

1 – Juruá (calha do Juruá)

2 – Carauari (calha do Juruá)

3 – Envira(calha do Juruá)

4 -Tabatinga (calha do Solimões)

5- Benjamin Contant (calha do Solimões)

6- São Paulo de Olivença (calha do Solimões)

7- Amaturá (calha do Solimões)

8- Santo Antônio do Iça (calha do Solimões)

9- Tonantins (calha do Solimões)

10- Atalaia do Norte (calha do Solimões)

 

*SITUAÇÃO DE ATENÇÃO

1- Parintins ( calha do Baixo Amazonas)

2- Barreirinha ( calha do Baixo Amazonas)

3- São Sebastião do Uatumã ( calha do Baixo Amazonas)

4- Nhamundá ( calha do Baixo Amazonas)

5- Urucará ( calha do Baixo Amazonas)

6- Boa Vista do Ramos ( calha do Baixo Amazonas)

7- Maués ( calha do Baixo Amazonas)

 

Veja também

Ortopedistas confirmam enfrentamento e anunciam ações em hospitais a partir deste sábado (25/11) Rafael Benoliel, presidente do ITO-AM, levanta troféu durante recente congresso da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT) em Manaus. Entre ele e o médico Francisco Brandão, o presidente da SBOT-AM, Paulo Su. Ortopedistas querem "resgatar dignidade"Os o...
Amazonino efetiva Paula Kanzler no comando da Secretaria de Estado de Política Fundiária Paula Kanzler assume a pasta antes ocupada por Diego Afonso. Foto: ReproduçãoFoi publicada no Diário Oficial do Amazonas, edição de 17/11, a nomeação de Paula Andrea Kanzler Soares como titular da Secretaria de Estado de Política Fundiária (SPF). O Portal do Marcos Sant...
Governo fecha acordo com 17 cooperativas médicas, isola ITO-AM e médicos alfinetam gestão David Alme... Médicos e enfermeiros aceitaram parcelamento dos salários, que estão atrasados entre um e cinco mesesO Governo do Amazonas, em reunião realizada na tarde desta sexta (24/11), firmou acordo salarial com 17 cooperativas médicas. Vai pagar outubro, "o mês da atual gestão",...
Marinha chega ao naufrágio do barco Tanaka e constata que há dois desaparecidos. Buscas começam O barco Tanaka Neto IV virou com 102 passageiros a bordo. Fotos: Divulgação CMA A Marinha do Brasil, por intermédio do Comando do 9° Distrito Naval, informa que dois passageiros que estavam no barco Tanaka Neto IV estão desaparecidos. A embarcação virou  na manhã desta sex...
Barco adernou após bater em pedra com 102 passageiros a bordo Barco adernou, após sair de São Gabriel da CachoeiraAo deixar São Gabriel da Cachoeira, a embarcação Tanaka IV bateu em uma pedra e virou. O Município fica a 856 quilômetros de Manaus. O barco adernou quando estava a caminho da capital, na manhã desta sexta-feira (24/11...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook