Prefeito sanciona leis de incentivo à cultura e artistas comemoram

Com a presença de artistas locais, o prefeito em exercício, Marcos Rotta, sanciona a Lei Municipal de Incentivo à Cultura. Fotos: Alex Pazuello/Semcom/Divulgação

Compromisso de campanha do prefeito Arthur Virgílio Neto, a Lei Municipal de Incentivo à Cultura foi sancionada nesta terça-feira (04/04), pelo prefeito em exercício, Marcos Rotta, em solenidade realizada no Palácio Rio Branco, no Centro Histórico de Manaus. Na ocasião também foi sancionada a Lei do Sistema Municipal de Fomento à Cultura (Siscult).

Segundo Rotta, essa era uma reivindicação antiga da classe artística local e que deve inaugurar um novo momento no cenário cultural de Manaus. “Nosso objetivo é fomentar a produção dos nossos artistas, das nossas manifestações culturais, fazendo o chamamento da classe empresarial e criando oportunidades, mesmo diante da recessão econômica”, destacou.

Ainda conforme o prefeito em exercício, a própria prefeitura se colocará na linha de frente para atrair o interesse dos empresários e da sociedade como um todo. “Não podemos ter a visão míope de que essa é apenas uma política de isenção fiscal, porque com o envolvimento dos setores da indústria e do comércio, a cultura também se tornará ferramenta indutora para a criação de mais emprego e renda”, pontuou.

As duas leis foram aprovadas, na íntegra, na Câmara Municipal de Manaus (CMM) no dia 16 de março deste ano. A Lei Municipal de Incentivo à Cultura prevê que o Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza (ISSQN), tributo pago pelas empresas à prefeitura, seja destinado a projetos culturais, que poderão ser captados diretamente pelos artistas junto à iniciativa privada.

“Colocamos Manaus na vanguarda do incentivo à cultura, reconhecendo uma demanda histórica de mais de 20 anos dos artistas. Vencemos essa etapa e avançamos também tornando regra o Siscult, que nada mais é do que garantir no orçamento da Manauscult 30% para os artistas e produtores culturais, por meio dos editais de cultura. O edital é a metodologia mais adequada, garantido acesso universal e democrático, que se é possível ter na ferramenta da administração pública”, defendeu o diretor-presidente da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), Bernardo Monteiro de Paula.

O presidente do Conselho Municipal de Cultura (Concultura), Marcio Souza, explicou que as leis passam a vigorar a partir de 2018, por conta do impacto no orçamento e procedimentos necessários. “Como implica em recursos financeiros, a lei vai ter que ser regulamentada também na Semef (Secretaria Municipal de Finanças, Tecnologia da Informação e Controle Interno). Então, nós teremos duas frentes de ações no Concultura. Uma interna que vai trabalhar a regulamentação da lei e a outra para acompanhar as reuniões, as quais já estamos fazendo, na Semef, que é quem vai efetivar o repasse dos recursos”.

Entre os artistas, presentes a solenidade, o sentimento é de comemoração. “Hoje, vemos Manaus com pessoas que se dedicam à arte, à cultura. É importante quando temos uma administração que acredita e coloca a cultura como destaque na cidade. É um novo marco”, disse o cantor Zezinho Corrêa.

Artistas acompanharam a solenidade e comemoraram a sanção da lei.

A Lei

A Lei Municipal de Incentivo à Cultura é considerada uma conquista histórica para o segmento artístico-cultural de Manaus e prevê que o Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza (ISSQN), tributo pago pelas empresas à prefeitura, seja destinado a projetos culturais, que poderão ser captados diretamente pelos artistas junto à iniciativa privada. O documento foi entregue para apreciação dos vereadores com a presença de artistas locais, que lotaram o auditório com capacidade para mais de 200 pessoas.

Na prática, a Lei autoriza a classe empresarial a destinar até 20% de seu ISS para projetos culturais. Os artistas poderão captar até R$ 5.370.420 milhões (1% do imposto) ainda no primeiro ano de vigência; R$ 8.055.630 milhões no segundo ano de vigência (1,5%); e R$ 10.740,84 milhões (2% da arrecadação da prefeitura) no terceiro ano de vigência. Os valores foram estimados de acordo com a previsão da Lei Orçamentária Anual (LOA) 2017, que é de R$ 537.042.000 milhões para o ISSQN. Esses percentuais poderão ser reajustados anualmente.

Poderão obter financiamento artistas, instituições culturais e folclóricas, contanto que atendam às exigências impressas na Lei. Além disso, as empresas poderão optar por destinar o tributo ao Fundo Municipal de Cultura, gerido pelo Conselho Municipal de Cultura, que selecionará os projetos por meio de editais.

Siscult

Com a Lei, 30% do orçamento da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult) serão destinados aos programas especiais, o equivalente a R$ 4,5 milhões, que deverão ser aplicados por meio de editais a três segmentos de maior demanda: Folclore e cultura popular, Carnaval e Artes, além de outras áreas da Cultura, sendo 10% para cada uma.

 

 

Veja também

Escreve contos, romances ou poemas? Últimos dias para inscrições no Edital Prêmios Literários de Man... O período de análise das obras pela comissão julgadora será de 9 de março a 1º de maio de 2018. Foto: DivulgaçãoNa última quarta-feira do mês, dia 28, termina o prazo para as inscrições no Edital Prêmios Literários Cidade de Manaus. As fichas de inscrição podem ser obti...
Protesto contra reforma da Previdência no Distrito Industrial, em Manaus Os manifestantes chegaram a fechar a entrada pra rua Quixito. Foto: Divulgação PMUm grupo de trabalhadores do Distrito Industrial e membros de centrais sindicais realizaram na manhã desta terça-feira (20), uma manifestação contra a reforma da Previdência, na rua Rio Qui...
Pistoleiros atiram contra homem em possível acerto de contas perto de campo de futebol na Compensa Samu foi acionado e levou Wesley Sales, que foi alvejado com quatro tiros na Compensa. Foto: DivulgaçãoWesley Sales Ferreira, 20, foi atingido com pelo menos quatro tiros no fim da noite desta segunda-feira (19). A tentativa de homicídio aconteceu na rua Gilberto Mestri...
Homem é preso comercializando drogas em estacionamento de hospital na zona Norte de Manaus A equipe se deslocou até o local indicado, realizou a abordagem e no interior do veículo foi encontrado 2kg de substância entorpecente maconha do tipo skank, 1kg de oxi, além de uma quantia em espécie de R$ 807,00. Foto: DivulgaçãoAnderson Costa de Menezes, de 28 anos, ...
Obras de recuperação da ponte na avenida Brasil iniciam nesta terça Já a partir das 7h da terça-feira, o trânsito será desviado na avenida Brasil, no trecho entre a rua Tobias Barreto e avenida Compensa, zona Oeste, em virtude das obras. Foto: DivulgaçãoA prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf),...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *