Três em cada 10 consumidores fecharam março “no vermelho”, aponta pesquisa

Pesquisa feita pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL) mostra que, em março, três em cada dez consumidores afirmaram que fecharam o mês “no vermelho”, sem condições de pagar todas as contas. Conforme o levantamento, que analisou a propensão ao consumo em 12 capitais do país, apenas 15% dos entrevistados tiveram sobra de dinheiro no mês passado.

A pesquisa ouviu 800 pessoas com idade igual ou superior a 18 anos, de ambos os sexos e de todas as classes sociais nas capitais dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Curitiba, Recife, Salvador, Fortaleza, Brasília, Goiânia, Manaus e Belém. A margem de erro é de 3,5 pontos percentuais.

Conforme o levantamento, 46% dos entrevistados disseram ter fechado o mês de março no “zero a zero”, ou seja, sem falta, mas também sem sobra de dinheiro. Dos 15% que encerraram o terceiro mês de 2017 “no azul”, 12% afirmaram ter a intenção de poupar a sobra e 4% pretendem gastar o dinheiro extra.

Segundo o Indicador de Uso de Crédito e de Propensão ao Consumo, 63% dos consumidores ouvidos disseram que têm planos de cortar os gastos este mês. A intenção de redução do gastos afeta compras no supermercado, água, luz, telefone, transporte, roupas e lazer.

Dos consumidores que pretendem cortar gastos em abril, 23% deram como justificativa a tentativa de fazer economias, 18% apontaram a alta dos preços e 14% porque tiveram redução da renda ou dos ganhos.

De acoddo com o levantamento do SPC Brasil e da CDL, 28% afirmaram que pretendem manter o mesmo nível de gastos em abril, enquanto 7% dos entrevistados manifestaram a intenção de aumentar as despesas.

“Apesar da recuperação gradativa da economia, indicada pela queda da inflação, entre outros fatores, a educação financeira se torna necessária no momento de crise. O consumidor deve evitar os gastos supérfluos e investir na criação de uma reserva até que a economia realmente se recupere”, disse, em nota, o presidente da CNDL, Honório Pinheiro.

Cartão de crédito

A pesquisa analisou ainda a utilização das principais modalidades de crédito pelos consumidores no mês anterior à pesquisa. Das pessoas ouvidas, 37% disseram ter utilizado algum tipo de crédito em fevereiro, sendo que o cartão foi a modalidade mais utilizada pela maioria (31%, com gasto médio de R$ 902,74).

Em seguida estão o cartão de loja, o crediário (14%, com gasto médio de R$ 354,50) e o cheque especial (7%).

 

Fonte: Agência Brasil

Veja também

Orquestra Barroca apresenta miniópera ‘Les Plaisirs de Versailles’, com entrada franca, no Palácio R... A Orquestra Barroca do Amazonas (OBA) encerra suas atividades no ano de 2017 com a apresentação da miniópera “Les Plaisirs de Versailles” neste sábado (16/12), às 18h, no Centro Cultural Palácio Rio Negro, no Centro. A apresentação tem entrada gratuita e conta com o apoio ...
Reunião do CAS em Rondônia avalia mais de US$ 330 milhões em investimentos   A Suframa tem superintendente interino desde outubro de 2014O Conselho de Administração da Suframa (CAS) realiza nesta quinta-feira (14), às 10h, no auditório da Governadoria, no 9º andar do Edifício Pacaás, no Palácio Rio Madeira, em Porto Velho (RO), a sua 281ª Reuniã...
Evandro Melo, Pedro Elias, Wilson Alecrim, Raul Zaidan e empresários são alvos de nova fase da Maus ... Evandro Melo, irmão do ex-governador José Melo e ex-secretário estadual de Administração, é um dos implicados na nova fase da Maus CaminhosEx-secretários de Saúde do Amazonas e empresários com ligação ao médico Mohamad Moustafa são alvos de operação da Polícia Federal. ...
Mulher atravessa rua correndo em frente à Fametro e agoniza em cima de carro, após atropelamento. Ve... Atropelamento deixou vítima estendida em cima do capô do carro, esperando atendimentoUma mulher, que parecia fugir de um homem, atravessou a Constantino Nery correndo e foi atropelada, em frente à Fametro. Identificada apenas como Jenifer, parecia desesperada, segundo t...
Adaf inicia vacinação em bovinos e equídeos contra raiva em Novo Airão e Barcelos nesta quarta-feira... Ao todo mil doses de vacinas foram encaminhadas para Novo Airão e 200 para Barcelos. Foto: ArquivoDentro do trabalho de defesa à saúde animal, o novo governo do Amazonas, por meio da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Amazonas (ADAF), órgão vinculado ao Siste...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *