Três em cada 10 consumidores fecharam março “no vermelho”, aponta pesquisa

Pesquisa feita pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL) mostra que, em março, três em cada dez consumidores afirmaram que fecharam o mês “no vermelho”, sem condições de pagar todas as contas. Conforme o levantamento, que analisou a propensão ao consumo em 12 capitais do país, apenas 15% dos entrevistados tiveram sobra de dinheiro no mês passado.

A pesquisa ouviu 800 pessoas com idade igual ou superior a 18 anos, de ambos os sexos e de todas as classes sociais nas capitais dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Curitiba, Recife, Salvador, Fortaleza, Brasília, Goiânia, Manaus e Belém. A margem de erro é de 3,5 pontos percentuais.

Conforme o levantamento, 46% dos entrevistados disseram ter fechado o mês de março no “zero a zero”, ou seja, sem falta, mas também sem sobra de dinheiro. Dos 15% que encerraram o terceiro mês de 2017 “no azul”, 12% afirmaram ter a intenção de poupar a sobra e 4% pretendem gastar o dinheiro extra.

Segundo o Indicador de Uso de Crédito e de Propensão ao Consumo, 63% dos consumidores ouvidos disseram que têm planos de cortar os gastos este mês. A intenção de redução do gastos afeta compras no supermercado, água, luz, telefone, transporte, roupas e lazer.

Dos consumidores que pretendem cortar gastos em abril, 23% deram como justificativa a tentativa de fazer economias, 18% apontaram a alta dos preços e 14% porque tiveram redução da renda ou dos ganhos.

De acoddo com o levantamento do SPC Brasil e da CDL, 28% afirmaram que pretendem manter o mesmo nível de gastos em abril, enquanto 7% dos entrevistados manifestaram a intenção de aumentar as despesas.

“Apesar da recuperação gradativa da economia, indicada pela queda da inflação, entre outros fatores, a educação financeira se torna necessária no momento de crise. O consumidor deve evitar os gastos supérfluos e investir na criação de uma reserva até que a economia realmente se recupere”, disse, em nota, o presidente da CNDL, Honório Pinheiro.

Cartão de crédito

A pesquisa analisou ainda a utilização das principais modalidades de crédito pelos consumidores no mês anterior à pesquisa. Das pessoas ouvidas, 37% disseram ter utilizado algum tipo de crédito em fevereiro, sendo que o cartão foi a modalidade mais utilizada pela maioria (31%, com gasto médio de R$ 902,74).

Em seguida estão o cartão de loja, o crediário (14%, com gasto médio de R$ 354,50) e o cheque especial (7%).

 

Fonte: Agência Brasil

Veja também

Em Manaus, oncologista troca o jaleco por traje de roqueiro e faz campanha de prevenção ao câncer de... Oncologista William Fuzita conversou sobre prevenção ao câncer de mama no Porão do Alemão. Foto: arquivo pessoalNa última sexta-feira (20), o médico oncologista William Fuzita surpreendeu os frequentadores do Rock Bar Porão do Alemão, na zona oeste de Manaus, ao subir n...
OAB-AM exige da Antaq ‘direito de ir e vir’ na balsa Ceasa-Careiro Fila gigantesca se formou na sexta-feira, no lado de ManausOs problemas registrados este fim de semana, quando a travessia Ceasa-Careiro ficou comprometida, levaram a Ordem dos Advogados do Brasil no Amazonas (OAB-AM) a emitir Nota Oficial sobre o tema. "Trata-se de out...
Exclusivo: Vocalista do ‘Sorriso Maroto’, com show marcado para 1º/11, manda recado aos ... Grupo Sorriso Maroto é destaque do Pagode 360, dia 1º de novembro, em ManausQuem acompanha o grupo Sorriso Maroto imagina o quanto deve ser complicado montar um repertório para as apresentações em inúmeras cidades brasileiras. Bruno, vocalista da banda, afirma que, para...
Ação itinerante da Prefeitura de Manaus atende mais de 5 mil pessoas, no Novo Aleixo Mais de 5 mil pessoas foram atendidas, neste sábado, 21/10, durante o projeto Prefeitura + Presente, realizado na Escola Municipal Professora Jarlece da Conceição Zaranza, na avenida Coronel Sávio Belota, Novo Aleixo, zona Leste de Manaus. Durante a ação foram oferecidos...
Para conter despesas, Sejel suspende atividades nos estádios Carlos Zamith e Ismael Benigno Estádio Carlos Zamith e Ismael Benigno vão ficar sem atividades. Foto: SejelA Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel) está suspendendo todas as atividades dos estádios Carlos Zamith, no bairro Coroado e Ismael Benigno, no bairro São Raimundo. A portar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *