Em três meses, mais de 1,5 tonelada de lixo é retirada dos igarapés de Manaus

O trabalho nos três primeiros meses do ano percorreu 90 igarapés. Foto: Marcio James/Semcom/Divulgação

De janeiro a março deste ano, a Prefeitura de Manaus retirou dos igarapés da cidade 1.550 toneladas de lixo. Segundo a Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp), responsável pela atividade, o volume de resíduos aumenta neste período de chuvas. O trabalho nos três primeiros meses do ano percorreu 90 igarapés.

“As atividades diárias e as ações emergenciais por conta das chuvas pontuaram as operações neste começo de ano. O atendimento a áreas de igarapés tem sido uma prioridade traçada pelo Prefeito Arthur Neto e pelo vice-prefeito Marcos Rotta, para evitar transbordamento e represamento”, destacou o secretário da Semulsp, Paulo Farias.

Algumas áreas recebem equipes diárias de limpeza por conta da alta demanda, como a Manaus Moderna, Orla do São Raimundo, Ponta Negra, igarapé do Franco, Mindu e Manaus 2000. “Há uma atenção maior com as regiões da orla da cidade, que movimentam muitas pessoas e embarcações todos os dias. Os resíduos costumam escoar nesses locais, por isso as equipes são diárias nessas áreas”, explicou  Farias.

O serviço 

A Semulsp atua com mais de 100 trabalhadores nesse serviço em diversas áreas da cidade. A limpeza nos leitos dos rios retira em média 20 toneladas por dia em toda a cidade, a um custo de R$ 900 mil por mês aos cofres públicos. “É uma das modalidades mais caras de limpeza do mundo e é pouco eficiente, pois as equipes precisam voltar aos igarapés constantemente para retirar mais lixo que se acumula novamente. É essencial que a população descarte os resíduos nos locais corretos, já que todo lixo arremessado nas ruas vai parar nos bueiros e igarapés”, alertou o secretário.

Nesta terça-feira, 18, a Semulsp atua na limpeza de três importantes igarapés da cidade. Mais de 80 trabalhadores se dividem na execução do serviço no Educandos (zona Sul) e igarapés do São José dos Campos (zona Leste) e Redenção (zona Centro-Oeste).

 

Veja também

Terceirizado, desesperado, salário atrasado, o nome do escravo ‘moderno’ no Amazonas. Co... Terceirizados do João Lúcio protestam pedindo pagamentoTerceirizado, trabalhador das empresas que prestam serviço público no Amazonas, é o nome da vítima do maior escândalo da atualidade. O maior e mais visível da história estadual. Vão receber, dia 22 de dezembro, os s...
Entenda a saída de Bosco Saraiva do PSDB e como fica a aliança de Arthur com Amazonino A saída de Bosco Saraiva do ninho tucano mexe nas relações do prefeito Arthur com o governador AmazoninoO vice-governador e secretário estadual de Segurança, Bosco Saraiva, acaba de deixar o PSDB, do prefeito Arthur Virgílio. Foi para o Solidariedade (SDD), do líder da ...
Governador Amazonino Mendes e embaixador peruano discutem parcerias comerciais O governador Amazonino Mendes e o embaixador do Peru, Vicente Rojas Escalante, em reunião na sede do Governo. Foto: Clovis Miranda/Secom.Uma parceria comercial entre o Estado do Amazonas e o Peru, por meio de uma logística fluvial, foi a pauta do encontro entre o govern...
Veículos abandonados são retirados de quatro bairros da zona Norte de Manaus Os veículos foram retirados dos bairros Colônia  Santo Antônio, Cidade Nova, Manoa e Parque das Nações. Foto: Marinho Ramos/Semcom Uma operação de trânsito realizada em vias da zona Norte, na manhã desta quarta-feira (22/11), removeu cinco sucatas de veículos abandonados n...
Gerente do DB afirma que violência está espalhada e anuncia cancelas nas lojas de maior movimento Grupo DB vai adotar cancelas para tentar conter assaltos aos clientes.O gerente de marketing do grupo DB, Guto Corbett, respondeu as denúncias de assaltos no DB Ponta Negra. "Colocamos, além da segurança terceirizada, cancelas de controle nas lojas de maior movimento. O...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *