Espi seleciona novos instrutores para cursos e palestras

A Escola de Serviço Público Municipal e Inclusão Socioeducacional (Espi) informa que estão abertas as inscrições para o “Banco de Colaboradores” da Prefeitura de Manaus. Professores interessados em ministrar cursos, oficinas e palestras nas modalidades presencial e Ensino a Distância (EaD) poderão fazer o cadastramento online no Banco de Colaboradores da Espi. Os candidatos poderão ser selecionados pela Prefeitura, de acordo com a demanda dos cursos planejados para este ano. Serão considerados perfil e experiência profissional.

Atualmente, a Escola conta com uma programação de mais de 200 atividades e o banco soma 1.254 instrutores. “Para a Espi é muito importante a ampliação do banco de instrutores, pois todos os anos temos um aumento nas ofertas de capacitação e também passamos a oferecer cursos em outras áreas da atividade pública. Todo professor que se cadastra é bem-vindo e em algum momento será chamado pela nossa equipe”, afirmou a diretora-geral da Escola, Fabiana Lucena.

Remuneração

O Decreto nº 0722, de 23 de dezembro de 2010, e o Decreto nº 3.117, de 18 de junho de 2015, detalham a remuneração dos instrutores de acordo com a formação acadêmica do profissional e sua experiência – comprovada – na área em que pretende instruir.

Para cursos regulares, treinamentos, aperfeiçoamento e reciclagem, os valores da hora-aula são R$ 40 (técnico), R$ 60 (graduado), R$ 80 (especializado), R$ 100 (mestres) e R$ 120 (doutores). Já as palestras são pagas em valores de hora-aula que variam entre R$ 100 (graduação), R$ 200 (especializado), R$ 300 (mestres) e R$ 400 (doutores). Na modalidade Ensino a Distância (EaD), a hora-aula para os instrutores que elaboram o material e preparam o ambiente virtual é de R$ 69 e para o tutor que supervisiona o curso, R$ 45.

 

 

 

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook