Pedreiro é preso acusado de estuprar e transmitir HIV à sobrinha de 11 anos. Vítima perdoa tio em carta

Segundo a delegada Juliana Tuma, o acusado sabia que portava o vírus HIV. Foto: Lana Honorato/PC-AM/Divulgação

Por Gabriel Machado

Um ajudante de pedreiro de 37 anos foi preso suspeito de ter estuprado e transmitido HIV à sobrinha de 11 anos, em Manaus. A vítima se encontra internada em estado grave. De acordo com laudo do Instituto Médico Legal (IML), o abuso sexual teria ocorrido diversas vezes. O infrator foi detido na terça-feira (18/04) e encaminhado ao Centro de Detenção Provisório Masculino (CDPM). As informações são da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca).

De acordo com a delegada Juliana Tuma, a denúncia contra o homem aconteceu após a internação da criança na Fundação de Medicina Tropical Doutor Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD). A equipe da Depca recebeu uma notificação compulsória da unidade hospitalar a respeito de um possível estupro e passou a investigar o caso.

No hospital os pais da criança foram submetidos ao exame de Aids. Entretanto, os resultados não deram reagente para a doença. “Foi quando descartamos a possibilidade de ser uma situação congênita. A criança também não nasceu com essa síndrome, sendo adquirida, possivelmente, por meio de abuso sexual, posteriormente atestado pelo IML”, informou a delegada.

A vítima recebeu visita de uma perita do IML e passou por um exame de corpo e delito. O procedimento teria atestado abuso sexual crônico. Após uma avaliação psicológica, foi descoberto ainda que o estupro aconteceu em mais de uma oportunidade.

A partir da constatação do abuso, uma equipe multidisciplinar da Depca realizou acompanhamento psicossocial com a criança. Durante esse trabalho, a vítima pediu pra fazer uma carta para o autor do delito dizendo que o perdoava.

“A criança não soube mencionar quando os abusos começaram. A equipe multidisciplinar acompanhou a vítima por algumas vezes para estabelecer uma relação de confiança. Então, em determinado momento, ela disse que queria escrever uma carta. Depois de chorar muito, ela escreveu que perdoava o tio por ele ter feito aquilo com ela, inclusive por ele ter pedido para ela não gritar”, disse Juliana Tuma.

A criança segue internada em estado grave. Ela apresenta um caso severo de tuberculose, adquirida em decorrência da Aids. Durante a apresentação do suspeito nesta quarta-feira (19), a Depca afirmou que o acusado sabia que portava a doença.

O homem será indiciado por estupro de vulnerável. Ao término dos procedimentos cabíveis ele será conduzido ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde permanecerá à disposição da Justiça.

 

Veja também

Terceirizado, desesperado, salário atrasado, o nome do escravo ‘moderno’ no Amazonas. Co... Terceirizados do João Lúcio protestam pedindo pagamentoTerceirizado, trabalhador das empresas que prestam serviço público no Amazonas, é o nome da vítima do maior escândalo da atualidade. O maior e mais visível da história estadual. Vão receber, dia 22 de dezembro, os s...
Entenda a saída de Bosco Saraiva do PSDB e como fica a aliança de Arthur com Amazonino A saída de Bosco Saraiva do ninho tucano mexe nas relações do prefeito Arthur com o governador AmazoninoO vice-governador e secretário estadual de Segurança, Bosco Saraiva, acaba de deixar o PSDB, do prefeito Arthur Virgílio. Foi para o Solidariedade (SDD), do líder da ...
Governador Amazonino Mendes e embaixador peruano discutem parcerias comerciais O governador Amazonino Mendes e o embaixador do Peru, Vicente Rojas Escalante, em reunião na sede do Governo. Foto: Clovis Miranda/Secom.Uma parceria comercial entre o Estado do Amazonas e o Peru, por meio de uma logística fluvial, foi a pauta do encontro entre o govern...
Veículos abandonados são retirados de quatro bairros da zona Norte de Manaus Os veículos foram retirados dos bairros Colônia  Santo Antônio, Cidade Nova, Manoa e Parque das Nações. Foto: Marinho Ramos/Semcom Uma operação de trânsito realizada em vias da zona Norte, na manhã desta quarta-feira (22/11), removeu cinco sucatas de veículos abandonados n...
Gerente do DB afirma que violência está espalhada e anuncia cancelas nas lojas de maior movimento Grupo DB vai adotar cancelas para tentar conter assaltos aos clientes.O gerente de marketing do grupo DB, Guto Corbett, respondeu as denúncias de assaltos no DB Ponta Negra. "Colocamos, além da segurança terceirizada, cancelas de controle nas lojas de maior movimento. O...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *