Central de Atendimento da Defesa Civil vai orientar municípios afetados pela enchente

Benjamin Constant decretou situação de emergência. Foto: Divulgação

Devido ao volume de municípios em “Situação de Alerta” por conta da enchente, a Defesa Civil do Amazonas montou uma Central de Atendimento, com orientações técnicas, que podem agilizar os decretos de emergência e o atendimento a população afetada.

“Nessa Central nossos agentes estão prestando o assessoramento técnico aos Coordenadores Municipais de Defesa Civil, avaliando danos humanos e materiais, bem como auxiliando na parte burocrática de decretos emergenciais daquelas cidades que já estão afetados pela enchente”, enfatizou o Secretário Executivo da Defesa Civil AM, coronel Fernando Pires Júnior.

Nesse sistema de atendimento, os municípios que estão mais próximos de Manaus enviam os gestores a capital. Os mais distantes, um técnico da Defesa Civil AM irá ao local, como é o caso de Coari, no Médio Solimões. Um agente do órgão segue hoje, 09, para a cidade.

Em Jutaí, também no médio Solimões, os agentes estão em capacitação técnica. Entre as orientações, estão a criação de Núcleos Comunitários de Proteção e Defesa Civil (NUPDEC), a importância do sistema de Defesa Civil e ainda, o correto preenchimento do formulário de informações no Sistema Integrado sobre Desastres (S2ID).

O município de Amaturá, localizado no Alto Solimões e que está em “Situação de Alerta” por conta da enchente, é outro exemplo de atendimento personalizado ao município. A capacitação técnica foi realizada ontem na sede do órgão, com representantes da Defesa Civil local.

Balanço 2017: 

*Situação de Emergência (Enchente)

1- Guajará (calha do Juruá) -Status: Atendido

2-Ipixuna (calha do Juruá)- Status: Atendido

3-Eirunepé (calha do Juruá)- Status: Atendido

4-Itamarati (calha do Juruá)- Status: Em atendimento

5-Carauari (calha do Juruá)- Status: Planejamento

6-Canutama (Purus) – Status: Atendido

7-Benjamin Constant (alto solimões) novo

8-Atalaia do Norte (alto solimões) novo

9-Tapauá (Purus)  novo

10-Tabatinga (calha do Solimões) novo

11-Tonantins (calha do Solimões) novo

Famílias afetadas: 17.532

 

*Situação de Emergência (Deslizamento de Terra)

1- Manacapuru (calha do Baixo Solimões)  –Status: Atendido

2- Tefé (calha do Médio Solimões)  – Status: Atendido

Famílias afetadas: 121

 

*Situação de Alerta (Enchente)

1-    São Paulo de Olivença (calha do Solimões)

2-    Santo Antônio do Iça (calha do Solimões)

3-    Amaturá (calha do Solimões)

4-    Parintins (calha do Baixo Amazonas)

5-    Barreirinha (calha do Baixo Amazonas)

6-    Nhamundá (calha do Baixo Amazonas)

7-    Urucará (calha do Baixo Amazonas)

8-    Boa Vista do Ramos (calha do Baixo Amazonas)

9-    Maués (calha do Baixo Amazonas)

10- São Sebastião do Uatumã (calha do Baixo Amazonas)

11- Jutaí (calha do Médio Solimões)

12- Coari (calha do Médio Solimões)

13- Fonte Boa (calha do Médio Solimões)

14- Uarini (calha do Médio Solimões)

15- Alvarães (calha do Médio Solimões)

16- Tefé (calha do Médio Solimões)

17- Codajás (calha do Médio Solimões)

18- Manacapuru (calha do Médio Solimões)

19- Iranduba (calha do Médio Solimões)

20- Anori (calha do Médio Solimões)

21- Anamã (calha do Médio Solimões)

22- Manaquiri (calha do Médio Solimões)

23- Itacoatiara (calha do Médio Amazonas)

24- Autazes (calha do Médio Amazonas)

25- Silves (calha do Médio Amazonas)

26- Itapiranga (calha do Médio Amazonas)

27- Urucurituba (calha do Médio Amazonas)

28- Maraã (médio Solimões)

29- Careiro da Várzea (Amazonas)

30- Careiro Castanho (Médio Solimões)

 

*Situação de Atenção (Enchente)

1- Manaus- (Negro)

2- Novo Airão- (Negro)

3- Borba (Baixo Madeira)

4- Nova Olinda do Norte (Baixo Madeira)

 

 

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook