TCE-AM se moderniza e vai disponibilizar wi-fi gratuito para visitantes

Sistema de wi-fi do TCE é um projeto antigo do setor de tecnologia, envolvendo investimento em rede. Foto: Marcos Nagawo

Com planos para cobertura em seus 36 mil metros quadrados de área construída, o Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM) vai disponibilizar, a partir do próximo mês, internet sem fio, em toda a sua sede, para jurisdicionados, advogados, servidores e visitantes da corte de Contas. A iniciativa, que segue os passos de vários tribunais do país, integra o processo de modernização do TCE-AM.

Segundo a Secretaria Geral de Administração (Seger), a implantação do wi-fi gratuito será gradativa e ocorrerá em etapas, iniciando pelo prédio anexo (conselheiros e auditores) e o andar dos procuradores de contas, cujo acesso estará disponível em 30 dias, passando pelo prédio principal (prédio administrativo e Secretaria de Controle Externo) e depois pela Escola de Contas Públicas. “A previsão é que tudo esteja finalizado até a primeira quinzena de julho”, comentou o secretário-geral, Fernando Elias.

Com o apoio do presidente do TCE, conselheiro Ari Moutinho Júnior, e do colegiado, a rede sem fio facilitará o acesso à internet em todas as dependências da Corte de Contas – do subsolo do prédio antigo ao plenário –  e ainda ao todos os sistemas do TCE, como o e-Contas e julgamento eletrônico. A ausência da tecnologia hoje impede a utilização adequada de notebooks, tablets e smartphones em alguns setores do TCE, sem falar que dificulta o acesso ágil a serviços informatizados, tais como correio eletrônico, consulta de jurisprudência e consulta de processos, dentre outros.

Três redes disponíveis

O acesso à rede sem fio no TCE poderá ser feito por meio de três redes distintas. Uma com acesso temporário, mediante login, para visitantes, jornalistas e advogados que frequentam o Tribunal, e para cobertura de eventos na corte de contas; outra (rede corporativa) para servidores e jurisdicionados do TCE, com senha individual; e uma terceira voltada para equipamentos e computadores que não disponham de conexão via cabo. Cada ponto de acesso suportará, em média, 250 conexões simultâneas.

Conforme o chefe da área de Infraestrutura da Diretoria de Tecnologia da Informação (Ditin), Diego Nascimento, a implementação está dividida em duas fases, sendo a primeira com a implementação de 31 pontos de acesso no prédio onde ficam os gabinetes dos conselheiros e no andar onde funciona o Ministério Público de Contas e a segunda com a instalação de pontos de acesso nos demais ambientes da corte de contas, concluindo a cobertura completa do TCE em julho.

“Estamos utilizando equipamentos de alta fidelidade e segurança com pontos de acesso autogerenciáveis e que cobrem todos os antigos e novos padrões de wi-fi com alta velocidade, para que possamos estabelecer uma rede sem fio de qualidade”, destacou Diego Nascimento.

A implementação do sistema de wi-fi do TCE é um projeto antigo do setor, de acordo Elynder Belarmino Lins, que sai do papel na gestão do conselheiro Ari Moutinho Júnior, que é um entusiasta da alta tecnologia. “A demanda por conexão sem fio cresce a cada dia. A expectativa é que os cabos sejam aos poucos substituídos por ela. Com o sistema wireless, ampliamos as possibilidades e serviços oferecidos pelo Tribunal não só aos servidores, mas também aos visitantes e as pessoas em trânsito nas dependências da Corte de Contas”, finalizou.

Veja também

Claro fica fora do ar e deixa usuários em Manaus sem ligações e internet Clientes da Claro, em Manaus, estão sem sinal da operadora desde o final da manhã desta quarta-feira (13). Segundo usuários, os serviços da operadora estão fora do ar para chamadas de voz e internet, funcionando apenas no modo Wi-Fi. A empresa não enviou nota oficial ou comu...
Decisão do TCE alcança até José Melo por conta do gasto de R$ 3,850 bilhões. David terá que prestar ... O presidente do TCe-AM, Ari Moutinho, podia ter tomado uma decisão monocrática sobre o pedido do Ministério Público de Contas, mas preferiu submetê-lo ao plenário. Os conselheiros votaram a favor por unanimidadeO Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM), ao dec...
Julgamento sobre bloqueio de despesas do governador interino começa sem relator de contas no pleno d... Tribunal de Contra recebeu representação do Ministério Público de Contas pedido suspensão de operações financeiro-orçamentárias que não se enquadrem na LRF para o Governo do Estado. Foto: Divulgação TCEO Tribunal de Contas do Estado (TCE) está julgando nesta manhã de qu...
TCE-AM vai julgar o bloqueio de R$ 1 bi que David Almeida tem no cofre. Sefaz e PGE farão defesa ora... Equipes da Secretaria Estadual de Fazenda (Sefaz) e Procuradoria Geral do Estado (PGE) terão 30 minutos na sessão do pleno do TCE para apresentar finanças do Estado. Governador eleito do Amazonas, Amazonino Mendes, pediu suspensão de pagamento de contratos e licitações aind...
Prefeito Arthur Neto e governador David Almeida vão ao TCE tratar das contas do Estado Presidente do TCE, conselheiro Ari Moutinho, precisou organizar agendas para atender prefeito Artur Virgílio Neto e o governador interino David Almeida. David foi apresentar contas contestadas pelo governador eleito Amazonino Mendes. Foto: Ana Cláudia JatahyPelo segundo...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook