Manaus é a melhor capital em Responsabilidade Fiscal, segundo pesquisa nacional

Manaus ganhou destaque nacional como uma das capitais brasileiras que melhor atendeu exigências da Lei de Responsabilidade Fiscal em 2016. O estudo foi realizado pela Firjan, e colocou Manaus na primeira posição entre as capitais. Foto: Reprodução Implurb

Manaus ganhou destaque nacional na noite da última quinta-feira, 10/8, ao figurar como a capital brasileira que melhor atendeu as exigências da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) em 2016. O estudo, realizado e divulgado pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan), colocou a capital amazonense na 1º posição entre as capitais e em 33ª posição no ranking geral.

No total, foram avaliadas as contas de 4.544 dos 5.570 municípios brasileiros. Segundo o estudo da Firjan, pelo menos 2.091 prefeituras descumpriram exigências da lei de responsabilidade fiscal e 715 deixaram para seus sucessores um rombo de R$ 6,3 bilhões.

De acordo com o secretário Municipal de Finanças, Tecnologia da Informação e Controle Interno (Semef), Lourival Praia, o resultado é fruto de um regime fiscal responsável que a Prefeitura de Manaus tem exercido nos últimos anos. “A ordem, desde o primeiro ano de mandato do prefeito Arthur Neto, sempre foi a redução das despesas de custeio e a priorização dos investimentos da cidade”, destacou.

Praia citou o decreto nº 3.179, de setembro de 2015, que criou o comitê ‘Manaus Enfrentando a Crise’ para acompanhar as ações de melhoria da qualidade de gastos públicos e o equilíbrio fiscal da cidade. Neste mesmo ano, a projeção era de queda do PIB nacional em 2,5%. “Nos antecipamos à crise e realizamos ações que mantiveram o nível das nossas receitas próprias, enquanto as receitas Estadual e federal tinham quedas”, citou.

Em números, o secretário da Semef exemplificou o crescimento das receitas próprias da prefeitura, que em 2016 contabilizaram a arrecadação de R$ 1,1 bilhão, mantendo o crescimento de 1,77%. Enquanto isso, a maior transferência do Estado, a de ICMS, chegou a se equiparar com as receita tributária da capital, gerando repasse de R$ 1,1 bilhão no ano passado, o que representou uma queda superior a 5%.

A secretária da Semad, Luiza Bessa Rebelo, ressaltou a importância desse destaque para o município como prova de que a administração municipal está no caminho certo.

“Nós já estamos caminhando para construir a cidade dos próximos doze anos, com o decreto que o prefeito Arthur assinou em junho, regulamentando o Planejamento Estratégico do Município e da proposta do Plano Plurianual Municipal. Então esse reconhecimento só nos mostra que precisamos continuar trabalhando para que números como esses continuem positivos e, assim, a população de Manaus continue sendo beneficiada”, comentou.

Níveis de investimento

Lourival citou ainda o crescimento dos níveis de investimentos dos dois últimos anos da capital amazonense. Em 2015, a receita corrente líquida da prefeitura somou R$ 3,558 bilhões, dos quais R$ 375,6 milhões representavam despesas com investimentos, representando uma fatia de 10,56% das receitas.

Em 2016, o nível foi superior. De janeiro a dezembro o município somou receita corrente líquida de R$ 3,650 bilhões, onde R$ 487,420 milhões foram destinados a investimentos. Neste ano a fatia foi de 13,35%, mais de três pontos percentuais superior ao ano passado.

“Manaus teve um investimento bastante elevado em 2016 e isso se deve ao trabalho de captação de recursos, principalmente das operações de créditos. Esses indicadores aliados ao controle da despesa de pessoal, controle do endividamento e redução do custeio fez com que Manaus atingisse o primeiro lugar no ranking das capitais no índice de gestão fiscal”, concluiu.

Veja também

Alça de retorno da Jacira Reis está liberada para trânsito de veículos Alça viária recebeu sinalizações horizontal e vertical, e conta ainda com defensas metálicas que garantem a manobra com segurança para o condutor e previnem a entrada de pessoas nesse trecho da via. Foto: Ricardo Oliveira/ SemcomA alça de retorno na Avenida Jacira Reis,...
Concurso da Semed terá vagas para 400 professores com nível superior com salário de até R$ 2.157,45... Provas estão previstas para janeiro de 2018 e o edital deve ser lançado ainda em novembro para preenchimento de 400 vagas para professores com nível superior. Foto: Divulgação Com prova prevista para janeiro de 2018, a Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal...
Mais de 10 mil candidatos se inscrevem em menos de 24h no Bolsa Universidade Em apenas um dia, programa registrou mais de 10 mil inscritos para 16 mil vagas para quem deseja cursar o ensino superior. Inscrições seguem até 7 de novembro. Foto: Marinho Ramos/ Semcom Em um dia, o Programa Bolsa Universidade (PBU) da Prefeitura de Manaus registrou 10.1...
Procuradores reagem à acusação de ‘corpo mole’ no caso dos RDAs da Prefeitura feita pelo... Associação dos Procuradores Municipais de Manaus saiu em defesa do procurador-geral Marcos Cavalcanti (direita), alvo do defensor público Carlos Alberto Almeida Filho no TAG que vai dar em demissões de RDAsA Associação dos Procuradores da Procuradoria Geral do Município...
Campanha “348 motivos para amar Manaus” começa a ser veiculada para celebrar capital Declarações de amor por Manaus estão na campanha de aniversário da cidade, que começa a ser veiculada a partir de hoje para os 348 anos da capital. Foto: Márcio James/ SemcomDeclarações de amor por Manaus compõem a campanha de aniversário da cidade, preparada pela Prefe...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook