Nova diretoria da Amazon é empossada pelo governador em exercício, desembargador Flávio Pascarelli

O governador em exercício e presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), desembargador Flávio Pascarelli, dando posse ao presidente da Amazon, juiz Cássio Borges. Fotos: Bruno Zanardo/Secom.

A nova diretoria da Associação dos Magistrados do Amazonas (Amazon), que tem como presidente o juiz Cássio André Borges dos Santos, tomou posse nesta quinta-feira, 10 de agosto. A solenidade foi presidida pelo governador em exercício, e presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), desembargador Flávio Pascarelli.

A diretoria, eleita em chapa única em julho deste ano, é composta por 23 membros, incluindo Conselho Consultivo e Fiscal da Associação. A atuação da nova diretoria compreende o biênio 2017/2019. Segundo o desembargador Pascarelli, a Associação se destaca pela luta organizada dos interesses e demandas dos magistrados. ““É importante no sentindo que representa um braço político da magistratura. As reivindicações que interessam aos magistrados, no aspecto corporativista é atribuição da Associação dos Magistrados do Amazonas. E ela tem conseguido muita coisa, não só no campo do poder Judiciário, mas no Legislativo e no Executivo”.

O presidente, que foi reeleito, mas com nova chapa, Cássio André Borges, destacou as conquistas alcançadas pela Amazon nos últimos dois anos e reforçou que a atenção aos magistrados que, atuam no interior do Estado, será redobrada nesta nova gestão.

“”É uma questão de honra para nós requerer ao presidente do Tribunal a imediata nomeação dos juízes aprovados no último concurso e que imediatamente se igualize os juízes do interior ao da capital. Não tem sentido o juiz da capital ter assessor e o do interior não ter. Fora a situação precária das instalações do interior. Temos percorrido o interior e nós temos registrado que historicamente o cidadão do interior tem sido tratado como cidadão de segunda categoria”, reforçou Borges.

Para a nova gestão, o presidente da Amazon também destacou a presença da Amazon na luta por interesses nacionais.  ““Nós atuamos com uma atenção especial nas defesas das garantias da magistratura e dos magistrados. Toda categoria que não se organiza tem perdas. Nós precisamos, nos próximos dois anos, retomar a discussão de algumas demandas reprimidas da magistratura amazonense. Mas a briga nacional é mais forte. Porque a magistratura por conta do combate a corrupção ela está sendo alvo de perseguição de setores políticos e nós precisamos estar unidos na Associação para enfrentar esse tipo de ataque a magistratura”, destacou.

O juiz Cássio André Borges, que atua como juiz de Direito há duas décadas, também destacou que a gestão continuará atuando no fortalecimento do diálogo dos magistrados com a sociedade e defendendo as garantias da magistratura. ““A associação avançou na defesa de nossa classe nesses dois anos, sempre lutando pelas demandas do conjunto da magistratura. No próximo biênio, vamos procurar honrar a escolha dos colegas fortalecendo as conquistas””, avaliou.

 

Veja também

Tribunal de Justiça vai convocar 19 aprovados do concurso público de 2013 Concurso público de 2013 é válido até 5 de novembro. Foto: Divulgação TJAMO presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), desembargador Flávio Pascarelli, autorizou esta semana a convocação e nomeação de mais 19 aprovados no concurso público realizado em 2013 pa...
Arthur x Amazonino: Ponto facultativo hoje e feriado amanhã na Prefeitura. Governo dá feriado amanhã... Arthur x Amazonino, a divergência no ponto facultativo para o funcionalismoO prefeito Arthur Virgílio manteve calendário que havia sido anunciado desde janeiro e decretou ponto facultativo nesta segunda-feira (23/10). Amanhã, dia do Aniversário de Manaus, é feriado na P...
Secretaria de Cultura premia talentos da música na próxima sexta-feira Trinta e três artistas concorrem aos prêmios. Foto: SEC/DivulgaçãoNa próxima sexta-feira (27), a partir das 20h, no Teatro Amazonas, acontece cerimônia de premiação dos concursos de música realizados pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura ...
Seis castelos de sonho para se hospedar na República Tcheca Quem não sonhou, principalmente na infância, em ser uma princesa ou um cavalheiro e morar num castelo. Esse gostinho de viver como um nobre já está ao alcance de muitos. Na República Tcheca, existem castelos de todos os tamanhos nos quais você poderá se hospedar. Assim, pode...
Balsa quebra, falta batata frita no McDonald’s de Manaus e preço não cai A batata frita, aparentemente muito simples de produzir, também é importada para as lanchonetes McDonald's do Amazonas em balsa especialHá dois dias, um comunicado fixado na porta de entrada da unidade do McDonald's, localizada na Avenida Djalma Batista, informa que o e...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook