Polícia Civil incinera 2,5 toneladas de drogas, entre maconha e cocaína, apreendidas entre abril e julho

Polícia Civil incinera nesta sexta 2,3 toneladas de maconha e 200 kg de cocaína, resultado das apreensões feitas pela segurança pública entre os meses de abril e julho. Foto: Erlon Rodrigues/ PC-AM

A Polícia Civil do Amazonas incinera nesta sexta-feira (11), 2 toneladas e meia de drogas, sendo 200 kg de cocaína e 2,3 t de maconha, resultado das apreensões do tráfico de entorpecentes entre os meses de abril e julho deste ano. A incineração é feita pela Divisão de Recebimento, Análise e Distribuição de Inquéritos e Termos Circunstanciados de Ocorrência e de Armazenamento de Material Apreendido (Drad).

O processo aconteceu nas instalações de uma empresa de produtos químicos e reciclagem, localizada na segunda etapa do bairro Distrito Industrial, zona Leste. O procedimento será acompanhado pelo delegado-geral, Frederico Mendes; pela delegada Leila Silva, diretora da Drad; e pelo delegado Paulo Mavignier, diretor do Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc). Participam ainda os policiais civis lotados na Drad e Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera), a equipe de elite da instituição.

A diretora da Drad explicou que as drogas incineradas representam a somatória de quatro meses de apreensões, realizadas na capital e no interior, por todos os órgãos que compõem o sistema de Segurança Pública do Estado. “No último procedimento, realizado no dia 12 de abril deste ano, incineramos 3 toneladas de drogas. Agora estamos incinerando o acúmulo de quatro meses de apreensões, totalizando 2,5 toneladas”, informou a delegada Leila Silva.

O delegado-geral reforçou que a incineração só pode ser realizada após determinação judicial. Frederico Mendes ressaltou, também, a importância de ações preventivas de combate à criminalidade. “É um procedimento respaldado pela lei. As apreensões são resultado do trabalho que vem sendo feito de combate ao tráfico de drogas. São ações contínuas, que têm como objetivo a repressão à criminalidade no Estado”, enfatizou.

O delegado Paulo Mavignier disse que grande parte da droga que será incinerada até o final desta manhã é fruto de apreensões do Denarc. “Esse resultado representa a evolução das forças de segurança estaduais, mais especificamente o Denarc, que vem realizando contínuos trabalhos de repressão ao narcotráfico no Estado, compreendendo as rotas utilizadas para transportar as drogas, principalmente os rios do Amazonas. Isso realmente é um saldo muito positivo, pois contabilizamos mais de 1,3 tonelada de drogas apreendida somente pelas nossas equipes”, pontuou.

Veja também

Ovos de quelônios e 1,2 tonelada de pirarucu ilegal são apreendidos em balsa no rio Negro Material apreendido numa balsa no rio Negro vinha de Maraã: 1,2 tonelada de pirarucu sem documento e 62 ovos de quelônios, além de um revólver. Fotos: DivulgaçãoSessenta e dois ovos de quelônio e 1,2 tonelada de pirarucu foram apreendidos durante operação realizada no r...
Uso de drone pela Polícia Civil já tem primeira baixa: foragido do sistema prisional é preso na zona... A partir de operação de monitoramento com uso de drones, policiais conseguiram identificar e recapturar um foragido do sistema prisional no bairro Mutirão. Fotos: ReproduçãoUm foragido do sistema prisional de Manaus foi recapturado nesta sexta-feira (20), no bairro Muti...
Homem denunciado por ameaça é preso. Ele tentou queimar casa da ex-mulher em 2003 Delegada Débora Mafra disse que no momento em que estavam registrando o BO na especializada pelo crime de ameaça, cometido contra a ex, localizaram o mandado de prisão. Foto: DivulgaçãoAntônio Monteiro de Mesquita, 36, foi preso no bairro Alvorada, zona Centro-Oeste, po...
Casal acusado de matar grávida e tirar seu bebê de 8 meses é transferido para Manaus Em depoimento, Joelma contou que queria ter um filho. Casal dopou a vítima de 20 anos, a levou para uma área e mata, cortou sua barriga e a deixou para morrer. Foto: DivulgaçãoAlex da Silva Carvalho, 18, e Joelma Queila Santana da Silva, 22, citados pela polícia como au...
Dois homens são presos em Manaus na operação contra pedofilia: um estudante de Direito e um de 49 an... Durante os mandados de busca e apreensão, dois homens foram presos na operação, incluindo um estudante de Direito de 23 anos e um outro suspeito de 49 anos. Nos trabalhos, foram apreendidos materiais com armazenamento de conteúdo ilícito. Fotos: Divulgação PC-AMForam cu...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook