Eduardo Braga recebe apoio de profissionais da educação, que pedem a volta de investimentos na área

Para o candidato, soluções para o problema educacional passam além da infraestrutura, incluindo a valorização dos profissionais da área do Estado. Foto: Divulgação

“Investir na educação, é dizer sim ao futuro!” foi assim que o candidato a governador pela coligação União pelo Amazonas abriu seu discurso durante encontro com profissionais da área. Segundo ele, é preciso reestruturar a educação no Amazonas. “Em todos os lugares, a educação é fator de transformação e aqui não é diferente. Os professores são responsáveis por tudo que existe de melhor no nosso estado”, disse o candidato.

Para Eduardo, as soluções para os problemas educacionais não passam apenas pela infraestrutura. Mas, principalmente, pela valorização dos profissionais da área.

“Na minha época tinha data-base. Todos os anos tinha reajuste. Criei a data-base da categoria mas, lamentavelmente, os meus sucessores optaram por outros caminhos. Voltando ao governo com a ajuda do voto da população e com as bênçãos de Deus, nós esperamos restabelecer as datas-bases das categorias fazendo com que os reajustes de acordo com a capacidade financeira do estado aconteçam anualmente”, revelou.

O candidato também lembrou programas de sucesso em suas gestões como governador, citando o Jovem Cidadão e o PREME, e se comprometeu em retomá-los.

“O Jovem Cidadão vai voltar! Este programa incentiva o desenvolvimento do potencial dos jovens e gera oportunidades de emprego para professores de artes, música, dança e teatro. Ele ajuda a tirar os jovens da criminalidade. Vamos voltar também com o Programa de Regionalização da Merenda. Além de fornecer uma alimentação mais saudável para nossas crianças, vai assegurar a compra da produção rural, gerando emprego e renda”, afirmou Eduardo.

Na ocasião, o candidato garantiu que os Centros de Ensino de Tempo Integral (Ceti) receberão atenção especial tanto na manutenção da qualidade do ensino quanto na implantação de novas unidades.

Eduardo encerrou o encontro pedindo que seja feita uma comparação entre as suas propostas e realizações como governador e a de seu adversário. “Está chegando a hora, de comparar e votar: pelo Jovem Cidadão, pela reestruturação das nossas escolas, pela expansão dos Cetis, pelo cumprimento do Fudeb, das datas-base, pela escola de valor e pelo crescimento novamente, da qualidade da educação no ranking nacional. Estamos juntos sempre! A educação, #TemJeito”, finalizou Eduardo Braga.

Veja também

Justiça Eleitoral condena Belarmino Lins a multa de R$ 100 mil por abuso de poder durante eleições 2... Para Justiça Eleitoral, deputado Belarmino Lins usou slogan da campanha de Braga, o "Tem jeito", durante sessão na ALEAM, transmitida pelo canal de rádio e TV do Legislativo, em conduta vedada e considerada como abuso de poder. Foto: ArquivoA Justiça Eleitoral acatou pe...
Braga e Omar votaram a favor de Aécio. Vanessa falta à sessão O senador Omar Aziz (PSD) foi um dos senadores a favor de Aécio Neves. Foto: DivulgaçãoPor 44 votos contra 26, o Plenário do Senado derrubou a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de afastar o senador Aécio Neves (PSDB-MG) do mandato e mantê-lo em recolhimento notu...
Braga está fora da disputa para o Governo do Amazonas em 2018, diz levantamento do Estadão Operação Lava Jato mostra impactos no cenário político eleitoral para o ano que vem. No Amazonas, Braga faria a opção natural pela reeleição, e Vanessa Graziottin poderia tentar vaga na Câmara dos Deputados. Ambos são citados na investigação. Foto: ArquivoDa Redação e A...
Novo secretariado do Governo do Estado toma posse menos de 24 horas após Amazonino assumir. Meta pri... Amazonino Mendes foi empossado ontem e hoje já deu posse ao secretariado, sem demora, para correr com administração pública. Foto: DivulgaçãoMenos de 24 horas após tomar posse como governador do Estado do Amazonas, Amazonino Mendes (PDT) reuniu todo o secretariado do Po...
MPF processa governador interino, Rebecca Garcia e mais 3 secretários por abuso de poder político na... Ministério Público Federal propôs ação de investigação judicial eleitoral por abuso de poder político nas eleições, citando David Almeida, a ex-candidata Rebecca Garcia e seu vice, Luiz Felipe, além dos secretários de Habitação, Sejusc e Seduc. Foto: Arquivo O Ministério P...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook