Em sua última pesquisa eleitoral para o pleito suplementar, IDP aponta vitória de Amazonino por quase 16 pontos

Se o segundo turno fosse hoje, Amazonino teria 42,9% dos votos, contra 27% de Eduardo, segundo pesquisa da IDP, realizada com 1.600 eleitores em Manaus e no interior. Foto: Divulgação

Se o segundo turno da eleição suplementar para governador do Amazonas fosse hoje, o candidato Amazonino Mendes (PDT), da coligação “Movimento pela reconstrução do Amazonas”, obteria 42,9% dos votos dos eleitores, contra 27% do candidato Eduardo Braga (PMDB) , da coligação “União pelo Amazonas”.

Os dados são da pesquisa realizada pelo Instituto Diário de Pesquisa (IDP). Haveria, ainda, 21,8% de votos em branco ou nulos e 8,3% de indecisos. Registrada na Justiça Eleitoral com o número AM-09298/2014, a pesquisa foi realizada nos dias 21, 22, 23 e 24 de agosto, envolvendo diversos bairros localizados nas 13 zonas eleitorais de Manaus e 12 zonas eleitorais do interior do Estado. Foram entrevistados 1.600 eleitores.

A margem de erro máxima é de 2,45% para mais ou para menos, com um intervalo de confiança a 95%, o que garante que se a pesquisa fosse feita 100 vezes, repetindo-se as mesmas condições, então, em aproximadamente 95 destas vezes, as proporções obtidas em cada resposta, com uma variação de 2,45% para mais ou para menos, estariam estimando o pensamento do Estado.

O levantamento foi domiciliar, sendo entrevistado um único eleitor por domicílio. Os domicílios foram escolhidos por meio de sorteio, tendo todos iguais chances de fazer parte da amostra.

Contabilizando apenas os votos válidos (não somam-se os nulos, brancos e indecisos), Amazonino obteria 61,4% da preferência do eleitorado amazonense, contra 38,6% de Braga. A pesquisa também perguntou aos eleitores se a opção dos votos é definitiva ou pode mudar. O resultado foi que, hoje, 79,1% disseram que a opção é definitiva e 16,7% que ainda pode mudar. Ainda há 4,2% de eleitores que ainda aparecem como indecisos se mudam ou não sua opção de voto.

Os eleitores do Amazonas voltam às urnas neste domingo, dia 27 de agosto. A eleição suplementar foi determinada pela Justiça Eleitoral, que cassou o mandato do ex-governador José Melo (PROS) por compra de votos e decidiu que a eleição do próximo governador deveria ser direta, com o voto dos 2,3 milhões de eleitores do Estado.

Quadro apresenta resultado da última pesquisa do instituto

Veja também

Posse de secretários: José Jorge formaliza saída da Seplan, Cipriano assume CGL e Diego Afonso SPF e... Diego Afonso é superintendente da Suhab e também secretário estadual de Política FundiáriaNovos passos foram dados no Governo Amazonino, com a posse de secretários. O vereador Diego Afonso, que obteve autorização especial da Câmara para assumir a Superintendência de Hab...
Novos titulares da Sema/Ipaam e CGL tomam posse dos cargos Marcelo Dutra assume o comando da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema) e do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) Foto: Clóvis Miranda/Secom.O governador do Estado, Amazonino Mendes, empossou, nesta terça-feira, 17 de outubro, mais dois gestores qu...
Braga e Omar votaram a favor de Aécio. Vanessa falta à sessão O senador Omar Aziz (PSD) foi um dos senadores a favor de Aécio Neves. Foto: DivulgaçãoPor 44 votos contra 26, o Plenário do Senado derrubou a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de afastar o senador Aécio Neves (PSDB-MG) do mandato e mantê-lo em recolhimento notu...
Amazonino encosta em David junto a professores adiantando parcela do Fundeb Equipe do Governo do Estado trabalha para adiantar quarta parcela do abono do Fundeb para educadores, conforme adiantou o governador Amazonino Mendes, no último domingo. Foto: ArquivoO pagamento da quarta parcela de abono do Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica e...
Braga está fora da disputa para o Governo do Amazonas em 2018, diz levantamento do Estadão Operação Lava Jato mostra impactos no cenário político eleitoral para o ano que vem. No Amazonas, Braga faria a opção natural pela reeleição, e Vanessa Graziottin poderia tentar vaga na Câmara dos Deputados. Ambos são citados na investigação. Foto: ArquivoDa Redação e A...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *