Padre afirma que armas de brinquedo ensinam meninos a serem ‘guerreiros do bem’ e tirá-las é criar ‘mocinhas covardes’

Padre Paulo Ricardo afirma que armas de brinquedo trabalham ‘fantasias de guerreiros’ e sem elas os meninos se tornam ‘mocinhas covardes’

O padre Paulo Ricardo de Azevedo Júnior, vigário judicial da Arquidiocese de Cuiabá (MT), combate duramente o “politicamente correto” que proíbe os pais de darem armas de brinquedo para as crianças. “A mensagem era, quando recebíamos essas armas, que nós éramos guerreiros do bem, que lutavam para defender a família. Você tira isso dos meninos e você educa mocinhas covardes. Hoje, um bandido tem bazuca pra atirar em helicóptero e nós não temos nada. O que nós vamos fazer?”, afirma, em entrevista publicada no YouTube.

O Brasil passou, em plena era petista, pelo plebiscito do desarmamento. Deu “não” ao desarmamento completo, com proibição de venda de arma e munição, mas o governo jogou duro e o desarmamento continuou. A população foi incentivada a entregar as armas e receber dinheiro em troca disso. Cientistas sociais lembraram, depois, que desarmar a população faz parte do ideário revolucionário stalista-leninista – o povo armado cria a desordem, que não favorece em nada à “revolução do proletariado”, que, traduzida em bom português, seria uma ditadura com o comando de líderes como Lula, Dilma e José Dirceu.

Os defensores do povo armado lembram que, nos Estados Unidos, os assaltos a residências são inexpressivos, do ponto de vista estatístico, porque os ladrões sabem que vão encontrar resistência real e legalmente respaldada para atirar em invasores. “No Brasil, se o cidadão atirar, a primeira coisa que perguntarão é se ele tem autorização para ter a arma. O mais provável é que o ladrão seja solto e o dono da casa preso”, diz um advogado, leitor do portal.

O contraponto é que o armamento norte-americano cria os malucos que, armados até os dentes, invadem universidades e massacram inocentes. “É porque lá (nas escolas e universidades dos EUA) é proibido o uso de armas e os malucos sabem disso”, diz o advogado.

É nesse contexto que o padre Paulo Ricardo vem colocando o dedo na ferida. “Educar uma criança é também mostrar que ela será o guerreiro de defesa da família contra o mal, o bandido que entra na casa para ceifar vidas. A igreja não é a favor da violência, mas nós temos um mundo real, onde o bandido está armado e a sociedade com medo”, disse.

Um promotor de Justiça, que atuou no Tribunal do Júri, lembra que o líder da Família do Norte (FDN), Zé Roberto da Compensa, tem mais poder prático que governador do Amazonas. “O que vai acontecer se o Zé Roberto mandar ‘tocar o terror’, como já ameaçou várias vezes? Isso significa que todos os dependentes químicos, ou drogados, como são conhecidos, vão assaltar e os assassinos vão matar, a torto e a direito. A gente tem polícia pra combater isso? Com a população armada ia morrer gente de lado a lado, mas com todos desarmados isso pode virar uma carnificina”, afirma.

O padre Paulo Ricardo é apontado, em sites que seguem a linha do diariodocentrodomundo.com.br, que defendem o PT e seus líderes, como “a resposta da Igreja Católica ao pastor (protestante) Silas Malafaia”. Os dois batem de frente com ideias petistas que dominam grande parte das mentes dos brasileiros.

Veja o vídeo com a tese que vem sendo defendida pelo padre Paulo Ricardo e forme sua própria opinião:

Veja também

Manaus terá o maior Réveillon do Norte com festas em quatro pontos da cidade. Confira as atrações na... Consolidando-se como a cidade dos grandes eventos no Norte do País, Manaus realiza a maior festa de Réveillon da região para recepcionar o ano de 2018: quatro atrações nacionais e mais de 135 artistas locais se apresentarão nas zonas Norte, Sul, Leste e Oeste, prestigian...
EXCLUSIVO: Braga comenta Operação Custo Político, revela que concorrerá à reeleição e dá conselhos a... Braga comenta Operação Custo Político, que prendeu ex-secretários e empresáriosO senador Eduardo Braga afirma que os crimes apontados nas operações Maus Caminhos e Custo Político não atingem seus governos. Ele avisa: "O povo, bem ao mal, se informa e sabe quais são os c...
Polícia pede colaboração para localizar familiares de idosa deixada na delegacia A delegada Catarina Torres, titular da Delegacia Especializada de Ordem Política e Social (Deops), solicita a colaboração de todos na divulgação da imagem de Verônica Pereira dos Santos, 81, deixada no prédio da Delegacia Geral no início da tarde desta quinta-feira (14/12)...
MPE-AM denuncia delegado que matou advogado. Ação é por homicídio triplamente qualificado Foto: ReproduçãoO Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE-AM) denunciou o delegado Gustavo Sotero por homicídio triplamente qualificado. O acusado matou o advogado Wilson Justo Filho, no dia 25 de novembro, no Bar Porão do Alemão.Os tiros disparados pelo deleg...
Matrículas de novos alunos começam no dia 13 de janeiro. Confira o calendário da rede pública A secretária Kátia Schweickardt informou que a Semed terá disponíveis 47 mil novas vagas para a Educação Infantil e Ensino Fundamental. Foto: Semcom/Divulgação. O início das matrículas de novos alunos para 2018 na rede pública de ensino está marcado para o dia 13/1, confor...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *