Teatro Amazonas recebe obras de arte restauradas, placas e busto de Eduardo Ribeiro nesta quinta

Casa lírica vai receber de volta falsos gobelins, obras de arte em pintura imitando tapeçaria, além de um busco do governador Eduardo Ribeiro e peças restauradas. Foto: Arquivo

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura, realiza entrega de peças novas e restauradas ao acervo do Teatro Amazonas, nesta quinta-feira (21), às 11h. A casa lírica vai receber de volta falsos gobelins (obras de arte em pintura imitando tapeçaria) restaurados e uma escultura em bronze do século XIX, além de um busto do governador Eduardo Ribeiro (1862-1900) e de placas em homenagem a figuras que marcam a história do teatro.

Dentre as peças a serem entregues, destaca-se uma escultura em bronze representando um professor e seu jovem aluno durante uma aula de espadachim, armamento típico da guarda de elite francesa do século XVII. Adquirida em 1895 para compor o acervo da casa lírica, a peça de autoria do artista francês Guadez foi transferida em 1926 para o Palácio Rio Negro, onde permaneceu por mais de 90 anos.

Durante sua estada no Palácio Rio Negro, a escultura havia perdido parte do espadachim. Após trabalho de recuperação do Ateliê de Conservação e Restauro do Departamento de Patrimônio Histórico (DPH) da Secretaria de Cultura, a obra agora volta ao Teatro Amazonas em sua forma original, com o jovem aluno de espadachim empunhando uma arma inteiriça. A criação em bronze ficará disposta no corredor próximo à entrada do Salão Nobre.

O Salão Nobre receberá de volta também quatro peças que adornavam as paredes do local, devidamente restauradas pelo Ateliê de Conservação e Restauro da Secretaria. Os falsos gobelins – assim chamados por imitar as criações da tradicional tapeçaria francesa Gobelin, do século 17, por meio de pintura sobre o tecido – foram encomendados ao artista italiano Domenico De Angelis em 1897 para compor o mais suntuoso espaço do Teatro Amazonas.

Homenagens

Além das peças reintegradas ao acervo, o Teatro Amazonas receberá ainda uma nova aquisição: um busto do governador Eduardo Ribeiro, a ser instalado no corredor de circulação entre o foyer e a sala de espetáculos.

A peça molde em gesso estuque foi confeccionada em 2009, pelo artista Francisco Carlos Nascimento, sob a orientação de técnicos do Ateliê de Restauro. Este molde serviu de base para a produção de outras duas peças em bronze, respectivamente dispostas no Museu Casa Eduardo Ribeiro (2010) e na Praça do Congresso (2012).

Para a nova estatueta, o molde original de 2009 recebeu ainda pequenas melhorias do Ateliê de Conservação e Restauro. Diferentemente da maioria das imagens de Eduardo Ribeiro, que costumam exibir o governador em indumentária militar, o busto criado por Nascimento apresenta o estadista em trajes civis, num trabalho baseado em ampla pesquisa histórica documental e iconográfica.

A passagem entre o foyer e a sala de espetáculos receberá ainda quatro placas. Uma delas homenageia Antônio José Fernandes Júnior, deputado provincial autor do projeto de lei para construção do Teatro Amazonas. As demais relembram os governadores do Amazonas no período de construção do Teatro, de 1881 a 1896; os diretores da casa de 1896 até hoje; e a lista de funcionários em 1896. As placas são confeccionadas em aço escovado com letras em baixo relevo sobre mármore.

A instalação do busto no Teatro Amazonas reafirma o papel decisivo de Eduardo Ribeiro na edificação do templo lírico amazonense. O Governador, que deu impulso a uma obra paralisada e deixou o cargo poucas semanas antes da inauguração do teatro por seu sucessor, Fileto Pires, durante anos foi obliterado da história do Teatro Amazonas, tendo inclusive seu nome encoberto na fachada do prédio.

A homenagem a Ribeiro promove, enfim, um justo e necessário reconhecimento ao grande construtor do Teatro Amazonas, que hoje comemora 120 anos de história e que se projeta como ícone do Estado em todo o mundo.

Veja também

SEC diz que não recebeu denúncia formal sobre crime de racismo denunciado por professor do Liceu de ... A Secretaria de Estado de Cultura (SEC) informa que o professor de música Cícero Antônio Silva, contratado por meio da Agência Amazonense de Desenvolvimento Cultural (AADC), foi desligado das atividades no Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro, unidade Parintins, no dia 2...
Amazonino conversa sobre mudanças. Robério nega Cultura, Vicente Nogueira teria falado sobre Seduc Amazonino começou a conversar sobre mudanças no secretariadoMudanças no Governo Amazonino estão sendo amadurecidas. Nesta quinta (30/11), o governador Amazonino Mendes recebeu dois ex-auxiliares pesos-pesados. Robério Braga, que foi secretário estadual de Cultura por 22...
Concerto de Natal tem estreia marcada para o dia 17 e vai destacar cultura amazônica O Concerto de Natal será apresentado em duas sessões, às 18h e 20h, e acesso gratuito. Fotos: Michael Dantas/SECCom o tema “Natal com + amor”, o tradicional espetáculo de Natal do Governo do Amazonas, realizado por meio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC) e...
Balé russo abre agenda do Festival Música na Estrada em Manaus dia 30 Espetáculo terá quatro récitas no Teatro Amazonas, de 30 de novembro a 3 de dezembro, com participação do Corpo de Dança do Amazonas (CDA), Balé Experimental do CDA e Amazonas Filarmônica. Foto: DivulgaçãoUm dos mais populares balés da Rússia, “Petrushka” é a atração es...
Secretaria de Cultura retoma diálogo com escolas de samba do Grupo Especial O encontro foi realizado na manhã desta quinta-feira (23/11), com representantes das agremiações Aparecida, Reino Unido da Liberdade, Vitória Régia, Sem Compromisso, Unidos do Alvorada, Vila da Barra, A Grande Família e Andanças de Cigano. Foto: SECEm reunião com repres...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook