Conta de luz de outubro terá bandeira vermelha e cobrança extra mais alta

Bandeira tarifária em outubro será vermelha, a tarifa mais cara. A Aneel justificou o aumento devido à baixa vazão das hidrelétricas em razão das chuvas abaixo da média no mês de setembro. Foto: Arquivo

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou que a bandeira tarifária das contas de luz em outubro será a vermelha patamar 2. A tarifa é a mais cara do modelo e representa a cobrança de taxa extra de R$ 3,50 a cada 100 Quilowatt-hora (kWh) consumidos. Em setembro, a bandeira tarifária das contas de luz foi a amarela, com taxa extra de R$ 2 para cada 100 kWh de energia consumidos.

Segundo o diretor-presidente da Aneel, Romeu Rufino, a decisão foi tomada devido à baixa vazão das hidrelétricas, porque as chuvas em setembro ficaram abaixo da média. “Em função do regime hidrológico muito crítico, este setembro foi o pior mês de setembro, do ponto de vista da vazão, da série histórica do setor elétrico”.  Apesar do alerta, Rufino disse que não há risco para o abastecimento de eletricidade.

Desde que a bandeira vermelha passou a ter dois patamares, 1 e 2, em janeiro de 2016, esta é a primeira vez que o nível mais alto é acionado. A tarifa extra mais alta se deve à necessidade de operar mais usinas térmicas, cujo custo de produção da energia é mais alto que a da produzida nas hidrelétricas.

Na semana passada, o Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE), ligado ao Ministério de Minas e Energia, havia decidido não acionar as usinas termelétricas mais caras, o chamado “despacho fora da ordem de mérito” mas aprovou, se necessário, o aumento da importação de energia elétrica da Argentina e do Uruguai “na medida em que for possível”.

Na reunião, o CMSE também decidiu retomar a operação de três usinas termelétricas que estão paradas. Segundo o comitê, as usinas de Araucária, Cuiabá e Termonorte II “são capazes de produzir energia a preços mais competitivos se comparados com os de outras usinas térmicas.”

Economia de energia

Além disso, a Aneel também realizará uma campanha de conscientização do uso da energia elétrica. Entre as recomendações que a agência fará, estão a de usar a temperatura morna do chuveiro e tomar banhos mais curtos, de até cinco minutos; diminuir ao máximo a utilização de ar-condicionado e não deixar portas e janelas abertas em ambientes com o equipamento; não colocar alimentos quentes e deixar a porta da geladeira aberta apenas o tempo que for necessário; e utilizar iluminação natural ou lâmpadas econômicas, além de apagar a luz ao sair de um cômodo.

Veja também

Horário de Verão começa neste domingo em três regiões do país. Norte não precisa mudar Horário de Verão começa neste domingo, mas Estados do Norte e Nordeste não vão precisar adiantar em uma hora o relógio para a medida. Foto: ArquivoO Horário de Verão começa à 0h deste domingo (15), e os relógios deverão ser adiantados em uma hora para se adequar à medid...
Subestação de Mauá tem pane e zonas Norte e Sul ficam sem energia elétrica no feriado Uma falha na linha de transmissão que atende a Subestação Mauá III afetou o fornecimento de energia nas zonas Norte e Sul de Manaus neste feriado do dia 12 de outubro. Em nota, a Eletrobras Distribuição Amazonas informou que o problema ocorreu às 14h25, afetando uma carga de...
Horário de verão pode ser extinto este ano por não gerar economia. Governo quer ouvir sociedade A adoção do horário de verão para gerar economia de energia no Brasil não se justifica mais. A avaliação é do diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Romeu Rufino. O horário de verão está previsto para começar no dia 15 de outubro e terminar em 17 ...
Chuva com ventos deixa mais de 43 mil pessoas sem energia Mais de 43 mil pessoas ficaram sem energia elétrica neste sábado (16) devido a forte chuva com ventos que caiu em Manaus. Ao todo, a Eletrobras Distribuição Amazonas tem 515 mil clientes atendidos na rede.Em nota, a empresa informou que vários objetos como telhados, plac...
Moradores colocam fogo na avenida Grande Circular em protesto contra falta de energia elétrica. Veja... Sem energia desde a madrugada de segunda, moradores fizeram protesto ateando fogo a pedaços de árvores e pneus na avenida Grande Circular. Fotos: Divulgação e CBMAM Moradores revoltados com a falta de energia elétrica nos bairros do Tancredo Neves, Novo Reino, Nova Con...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *