Procurador-chefe e procurador regional eleitoral no AM são empossados em Brasília

O procurador da República e do Ministério Público Eleitoral, Victor Riccely, tomou posse para o biênio 2017/2019 nesta segunda, em Brasília, em cerimônia presidida pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge. Fotos: Antonio Augusto / Secom / PGR

Os procuradores da República Edmilson da Costa Barreiros Júnior e Victor Riccely Lins Santos tomaram posse como procurador-chefe e procurador regional eleitoral no Amazonas, respectivamente, para o biênio 2017/2019. O procurador da República Rafael da Silva Rocha permanece como substituto da chefia administrativa e da função eleitoral.

Os procuradores de 27 unidades que exercerão a função administrativa e eleitoral nas unidades do MPF foram empossados pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge, na última segunda-feira (2), em Brasília. Os procuradores-chefes eleitos para o biênio 2017/2019 foram nomeados pela Portaria nº 1.036/2017 e seus respectivos substitutos foram designados pela Portaria nº 1.036/2017, publicadas na segunda-feira, na seção 2 do Diário Oficial da União.

Na cerimônia, a PGR deu as boas-vindas aos novos gestores e destacou que eles são líderes institucionais. “É muito importante assinalar que tomam posse membros eleitos pelos colegas de suas próprias unidades. Esse é um sinal muito singular da democracia interna que existe no Ministério Público, que nós precisamos sempre saudar e enaltecer”, afirmou.

A posse também contou com a presença da secretária-geral do MPU, Zani Cajueiro, do corregedor-geral do MPF, Hindemburgo Chateaubriand, e do presidente da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR), José Robalinho Cavalcanti.

As atividades da posse continuaram de tarde com a presença da secretária-geral. Durante a programação, os novos gestores foram apresentados à estrutura e atuação das áreas de Gestão Estratégica (SGE), Segurança Institucional (SSIN) e Gestão de Pessoas (SGP).

Eleitoral

Na cerimônia de posse dos procuradores regionais eleitorais, realizada no Auditório do Conselho Superior do MPF, Dodge ressaltou que “a atuação de cada um dos membros do Ministério Público que atua neste ofício eleitoral e interessa diretamente à população brasileira é que as eleições sejam hígidas, honestas, financiadas de modo adequado e que, ao final, vença o candidato que atenda às expectativas da população que nele vota, sem corrupção e sem ofensa aos valores mais caros ao regime democrático”.

Após a posse, os procuradores regionais eleitorais participaram de reunião de trabalho para debater o panorama sobre as eleições 2018 e a situação do Ministério Público Eleitoral.

Participaram do debate, o ex-ministro do Tribunal Superior Eleitoral Henrique Neves e, por meio de videoconferência, o jornalista Fernando Gabeira e o Secretário de Direitos Humanos e Defesa Coletiva, o procurador regional da República André de Carvalho Ramos.

Procurador chefe do MPF-AM, Edmilson da Costa Barreiros Júnior, também foi reconduzido ao cargo

Veja também

MPF consegue na Justiça bloqueio de R$ 1,3 milhão de ex-prefeita de Boca de Acre Justiça Federal determinou o bloqueio, atendendo pedido do MPF, de bens e valores da ex-prefeita de Boca do Acre, Maria das Dores Munhoz. Foto: ArquivoAtendendo a pedido do Ministério Público Federal (MPF) no Amazonas, a Justiça Federal determinou o bloqueio de bens e v...
MPF obtém liminar que bloqueia R$ 1,6 milhão de prefeito de Lábrea. Ele pode ser condenado à prisão... Decisão pede o bloqueio de bens no valor de R$ 1,6 milhão de prefeito de Lábrea em ação de improbidade administrativa movida pelo MPF. Foto: DivulgaçãoAtendendo a pedido do Ministério Público Federal (MPF) no Amazonas, a Justiça Federal concedeu liminar que bloqueia ben...
MPF recomenda anular licenças e planos de manejo sobre áreas de proteção federais e indígenas no AM... MPF recomendou ao Ipaam anular todas as licenças ambientais e autorizações para extração de maneira em unidades de conservação ou terras indígenas no Estado. Fotos: DivulgaçãoO Ministério Público Federal (MPF) recomendou ao Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (I...
Ex-secretários Evandro Melo e Pedro Elias são presos novamente Os ex-secretários Evandro Melo (Sead), irmão do ex-governador José Melo, e Pedro Elias (Saúde) foram presos nesta sexta-feira (9), pela Polícia Federal. Eles haviam sido detidos preventivamente no dia 13 de dezembro, na Operação Custo Político.A dupla havia sido benefici...
Saiba quem é o principal empresário do World Trade Center Manaus que teve bens bloqueados Gilberto Bomeny é o principal nome envolvido no escândalo da construção do WTC em Manaus, que não teve um tijolo erguido. Foto: DivulgaçãoPela segunda vez o empresário com fama de megalomaníaco Gilberto Bomeny, 78, teve os bens bloqueados pela Justiça por não ter constr...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook