MP-AM pede à Justiça R$ 500 mil de posto onde ANP constatou 15 litros a menos de combustível ‘fora das especificações’

Novos proprietários havia adquirido o posto pouco antes da fiscalização da ANP e decidiram reformá-lo

O portal constatou que o posto foi reformado e está funcionando regularmente com a bandeira Shell

O Portal do Marcos Santos teve acesso a documentos da Agência Nacional de Petróleo (ANP) que esclarecem dúvidas sobre processo contra posto de combustíveis, localizado na rua Itaúba, Jorge Teixeira, Zona Leste. A informação sobre o caso foi publicada no portal (veja aqui).

O Ministério Público do Amazonas, alegando que o posto comercializou “combustível adulterado”, propõe Ação Civil Pública, por danos morais coletivos, com indenização de R$ 500 mil. O dinheiro seria revertido para o Fundo Estadual de Defesa do Consumidor (Fundecon).

Ocorre que a empresa proprietária do posto, a Amazon Combustíveis para Veículos e Construções Ltda., apresentou os autos de infração e de lacre dos tanques onde estavam os 5 mil litros de gasolina “fora das especificações”.

No dia 19/01/2012, Lúcio Vasconcelos, agente de fiscalização da ANP, encontrou a irregularidade e lacrou o tanque com os 5 mil litros. No dia 08/02/2012, ao fazer a verificação no local interditado, para desinterdição, a fiscalização constatou que os lacres não haviam sido violados e havia 4.985 litros neles, ou seja, apenas 15 litros a menos. Muito pouco para justificar R$ 500 mil de indenização, provavelmente evaporados ou fruto de diferenças de aparelho medidor.

 

Diferença técnica

“Há uma diferença grande entre ‘combustível adulterado’, que é aquele com algum elemento não previsto na composição legal do produto em prejuízo do usuário, e o ‘fora das especificações’, aquele que tem algum percentual de um ou outro elemento previsto, acima ou abaixo do requerido, que foi o caso”, explica o advogado da Amazon Combustíveis, Antônio Sampaio.

A empresa havia adquirido o posto há pouco tempo. Tanto que os autos da ANP afirmam que ele era “bandeira branca”, isto é, não estava filiado a nenhuma distribuidora. “Resolvemos fechar e reformar o posto inteiro, que hoje está funcionando regularmente com a bandeira Shell”, disse o advogado.

O processo tem audiência marcada para o dia 07/10, às 9h30, na 4ª Vara Cível e de Acidentes de Trabalho, no Fórum Henoch Reis. “As multas foram pagas, o posto reformado e temos clientes satisfeitos, sem nenhum incidente posterior, sendo atendidos regularmente. Creio que o problema está superado”, disse Antônio Sampaio.

Veja as cópias dos documentos de fiscalização da ANP:

Veja também

Posto mais bonito do Brasil é de Manaus, disputando com 600 dos 45 mil do País Fundadores do Grupo Portela, Adalto Carneiro Portela e Odete Machado Portela, com o troféu de Posto mais bonito do BrasilO Posto mais bonito do Brasil é o Posto Portela de Manaus. Inaugurado no meio deste ano, na Ponta Negra, o local oferece 25 operações de conveniência...
Preço da gasolina começa a baixar em Manaus e o litro já pode ser encontrado a R$ 3,99 Postos de combustíveis deram início a promoções. Foto: Portal do Marcos SantosO motorista amazonense começa a sentir os efeitos de uma leve redução do valor do preço do combustível nos postos de Manaus.Desde sexta-feira, vários estabelecimentos deram início a divers...
Vestibular da UEA tem mais de 45 mil candidatos no 1º dia de provas O Vestibular da UEA oferece um total de 3.433 vagas, sendo 1.122 vagas para capital e 1.932 vagas para o interior. Foto: Valdo Leão/Secom.A Universidade do Estado do Amazonas (UEA) aplicou neste domingo (22) as provas de Conhecimento Gerais do Vestibular 2017, acesso 20...
Entrega dos kits da Corrida Cidade de Manaus sofre alteração e será realizada em local único Para uma maior comodidade e melhor logística, os kits da 8ª Corrida Cidade de Manaus serão entregues em local único e em novo horário. Os dois mil kits – 1.500 para o público geral, 400 para servidores e 100 para Pessoas com Deficiências (PCDs) – serão entregues nesta se...
Governador Amazonino Mendes determina estudos para a reforma e ampliação do Hospital de Manacapuru O prefeito de Manacapuru, Beto Dângelo, acompanhou o secretário de Saúde, Francisco Deodato, em visita ao hospital. Foto: Aguilar Abecassis/SecomO governador Amazonino Mendes determinou à Secretaria Estadual de Saúde (Susam) a realização de estudos para a reforma e ampl...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook