Unimed Manaus deverá pagar multa de até R$ 200 mil se tiver falhas na prestação do serviço

A Defensoria Pública do Amazonas (DPE-AM), por meio da Defensoria Pública Especializada de Atendimento de Interesses Coletivas (DPEAIC), e o Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE-AM) ajuizaram em abril deste ano uma Ação Civil Pública contra a Cooperativa de Trabalho Unimed Manaus. A medida, motivada pela má qualidade no serviço prestado à população, resultou em inquérito civil público e procedimentos administrativos, que culminaram em multa mensal de até R$ 200 mil para a Unimed Manaus, caso descumpra ordem judicial que determina a adoção de medidas de divulgação de informações sobre médicos credenciados e o tratamento adequado aos conveniados na marcação de consultas.

Ausência de profissionais e número insuficiente de hospitais, aliados à recusa de autorizações para realização de procedimentos médicos e a distinção estabelecida na marcação de consultas, entre os conveniados da cooperativa e outros pacientes particulares, foram os principais argumentos acatados pelo juiz Leoney Figliuolo, da 10º Vara Civil de Acidentes de Trabalho, para conceder a liminar contra a cooperativa médica.

Em liminar, o juiz determinou que a Unimed Manaus deverá divulgar mensalmente – em local de público acesso e nos boletos de pagamento -, a lista de profissionais médicos credenciados e dos novos integrantes, além de informar no Guia Médico a possibilidade de alteração no quadro de prestadores de serviço e de fiscalizar a atuação dos profissionais médicos cooperados, quanto ao atendimento e correta informação aos usuários.

Caso descumpra as determinações, a Unimed Manaus deverá pagar R$ 100 mil para cada ato de cobrança adicional às consultas e também R$ 100 mil por recusa a atendimento e tratamento diferenciado em relação aos outros planos de saúde. No caso da não informação atualizada dos profissionais credenciados a multa sobe para R$ 200 mil.

“Também estão em andamento outras ações semelhantes contra outros planos de saúde, por conta das reiteradas reclamações pela má prestação de serviço. Nota-se que o plano de saúde geralmente é vendido com uma certa quantidade e diversidade de especialistas e, na hora de agendar consulta, o usuário constata que certos profissionais não estão mais no quadro. Também constatamos a situação na distinção do atendimento. Os pacientes conveniados dispõem de uma agenda com menos possibilidades de consultas que os demais, o que é ilegal”, enfatizou o defensor público Carlos Almeida, titular da DPEAIC.

Em seu site institucional, a Unimed Manaus divulga que atende mais de 180 mil clientes, dado que a coloca entre as maiores cooperativas médicas do Estado, com aproximadamente 1 mil médicos credenciados que atendem 55 especialidades diferentes.

 

Veja também

Terceira vítima de mordida de morcego passa por cirurgia bem sucedida na FMT mas segue em estado gra... Foto: DivulgaçãoA Fundação de Medicina Tropical Dr. Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD), órgão vinculado à Secretaria de Estado de Saúde  (Susam), informa que realizou com sucesso um procedimento neurocirúrgico em um paciente de 14 anos, oriundo o município de Barcelo...
Famílias das zonas norte e leste vão receber 1.760 títulos definitivos de imóveis Foto: ArquivoO Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Política Fundiária (SPF), vai entregar 1.760 títulos definitivos de imóveis para moradores de sete bairros das zonas leste e norte de Manaus. A entrega será no sábado, dia 16 de dezembro, às 9h, na Escola Est...
SSP-AM vai cadastrar carregadores da Manaus Moderna Segundo denúncias, supostos carregadores do porto da Manaus Moderna estariam ameaçando e até extraviando mercadorias e pertences de clientes que não aceitam os valores cobrados pelo serviço.Foto: Bruno Zanardo - Secom A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) ...
Comunitários do Rio Unini afirmam que falta de energia aumenta ataques de morcegos. Gerador está que... Comunidade do Rio Unini em Barcelos vive dias de escuridão. (Foto Rosângela Jesus/ Facebook da Resex Unini)A população das nove comunidades do Rio Unini, no Amazonas, vive dias de tristeza e preocupação. Uma criança e um adolescente morreram vítimas de raiva humana, pos...
Manaustrans reforça orientações no entorno da Arena da Amazônia. Área terá três eventos simultâneos... O condutor deve ficar atento neste sábado (9), para a realização de três eventos que ocorrerão simultaneamente na Arena da Amazônia, Sambódromo e Centro de Convenções Vasco Vasques. O Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans) vai monitora...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *